Engenharia Mecatrônica

FCRS - Faculdade Católica Rainha do Sertão
Em Combate

Preço a consultar

Informação importante

  • Graduação
  • Combate
Descrição

É o ramo da engenharia que desenvolve e executa projetos de automação industrial. O engenheiro mecatrônico projeta e opera equipamentos utilizados nos processos automatizados de indústrias em geral, além de fazer sua manutenção. Ocupa-se do gerenciamento de projetos de automação industrial e comercial. É o responsável pela programação das máquinas e pela adaptação de softwares aos processos indust.
Dirigido a: O profissional encontra ofertas de trabalho em indústrias de diversos setores, como automobilístico, químico e petroquímico, de alimentos e embalagens e de tecnologia da informação (TI). Com uma visão sistêmica, o engenheiro entende o processo, o controle, o TI de uma empresa e faz tudo isso funcionar de forma integrada.

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Combate
Rua Basílio Pinto S/N - Combate, 63900-000, Ceará, Brasil
Ver mapa

Programa

É o ramo da engenharia que desenvolve e executa projetos de automação industrial. O engenheiro mecatrônico projeta e opera equipamentos utilizados nos processos automatizados de indústrias em geral, além de fazer sua manutenção. Ocupa-se do gerenciamento de projetos de automação industrial e comercial. É o responsável pela programação das máquinas e pela adaptação de softwares aos processos industriais. Em empresas que já estão automatizadas, redimensiona, opera e mantém os sistemas e equipamentos já instalados.

O mercado de trabalho
O profissional encontra ofertas de trabalho em indústrias de diversos setores, como automobilístico, químico e petroquímico, de alimentos e embalagens e de tecnologia da informação (TI). Com uma visão sistêmica, o engenheiro entende o processo, o controle, o TI de uma empresa e faz tudo isso funcionar de forma integrada. No eixo Rio-São Paulo, é contratado por grandes empresas para desenvolver e implantar projetos de automação e robotização. Também existem vagas em boa parte das empresas que migraram para cidades do interior do Paraná, da Bahia, de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, do Rio Grande do Sul e de Goiás. Geralmente, o engenheiro ocupa o topo da pirâmide das etapas do desenvolvimento de um projeto. Os formados nessa carreira também têm sido bastante requisitados pela indústria médica e por hospitais públicos e privados, onde gerenciam projetos de automação, adaptam softwares aos processos já existentes e programam sistemas de informação e banco de dados. A área de meio ambiente também precisa do profissional, que ajuda grandes indústrias a diminuir desperdícios, a fazer uso racional da água e a reduzir a emissão de poluentes. No setor privado, a Vale (antiga Companhia Vale do Rio Doce) é uma boa empregadora.

O curso
Como em todas as engenharias, nos dois primeiros anos o forte são as aulas de matemática, física, química e muita informática. A partir do terceiro misturam-se as disciplinas de engenharia mecânica, eletrônica e computação. Em mecânica, você estuda termodinâmica e elementos de máquinas. Em eletrônica estão matérias como eletrônica analógica e digital e na área de computação, aulas de estrutura de dados e sistemas de informação. Também há disciplinas integrativas, entre elas projetos de máquinas e integração da manufatura por computador. Nas atividades em laboratório, o aluno aprende a desenvolver, a projetar, a analisar e a controlar máquinas operadas eletronicamente. O estágio é obrigatório. Algumas escolas exigem um projeto de conclusão de curso. Em outras, ainda, essa graduação é oferecida como habilitação de Engenharia Mecânica.

O que você pode fazer
Automação comercial e domótica - Projetar sistemas automatizados de controle de equipamentos em edifícios comerciais e em residências, como elevadores, iluminação, aparelhos de ar condicionado e eletrodomésticos.
Automação industrial - Desenvolver e implantar projetos de automação em indústrias. Manipular robôs industriais.
Bioprocessos - Projetar, construir e operar equipamentos empregados nas indústrias de biotecnologia.
Informática - Projetar sistemas de informação e bancos de dados. Programar equipamentos automatizados.