Sistemas de Informação

UniFil - Centro Universitário Filadélfia
Em Londrina

Preço a consultar
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais
Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Londrina
  • Duração:
    4 Anos
Descrição

O Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação foi implantado na UniFil em 2001 e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) através da Portaria nº. 1.370, de 22 de abril de 2005. A graduação obteve Condições Muito Boas (CMB), a maior nota na escala de avaliação, em dois quesitos analisados: infraestrutura e organização didático-pedagógica. O corpo docente recebeu Condições Boas (CB), o segun.
Dirigido a: O Bacharel em Sistemas de Informação planeja e organiza a coleta, o armazenamento, a recuperação, a distribuição e o uso de dados em redes de computadores de uma organização, garantindo eficiência gerencial.

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Londrina
Av. Jk, 1626 Centro Cep: 86.020-000 - Londrina-Pr, 86.020-000, Paraná, Brasil
Ver mapa

Programa

O Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação foi implantado na UniFil em 2001 e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) através da Portaria nº. 1.370, de 22 de abril de 2005. A graduação obteve Condições Muito Boas (CMB), a maior nota na escala de avaliação, em dois quesitos analisados: infraestrutura e organização didático-pedagógica. O corpo docente recebeu Condições Boas (CB), o segundo melhor conceito emitido pelo MEC. A Instituição possui mais de 24 anos de experiência em cursos de informática e computação, sendo uma das pioneiras do interior do Paraná na área.


O curso de Sistemas de Informação tem duração de 4 anos, com aulas no período noturno.


A UniFil oferece 12 laboratórios equipados com computadores de última geração, com acesso pleno a internet e as ferramentas mais modernas para utilização dos alunos.


O corpo docente, além de ótima qualificação acadêmica (Mestres e Doutores), tem vasta experiência profissional, com diversos professores certificados pela IBM e CISCO.


A UniFil dispõe de um Núcleo de Prática em Informática, por meio do qual os alunos prestam serviços de consultoria, assessoria e desenvolvimento de software a entidades sem fins lucrativos, Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), organismos governamentais, projetos comunitários de cidadania e micro e pequenas empresas. O NPI conta com escritórios de Desenvolvimento de Sistemas, Redes de Computadores, Gerência de Projetos, Teste de Software e Suporte à Empresa Júnior.


Os convênios com a IBM / Rational, Microsoft, CISCO, Oracle e Cachê garantem alta disponibilidade de recursos de hardware e software para estudantes e professores.


Os estágios supervisionados são desenvolvidos no ultimo ano da graduação através da solução de um problema real. As atividades práticas permitem, além do contato com o ambiente de trabalho, o desenvolvimento da Monografia Final, totalmente integrada a essa experiência. A carga horária mínima do estágio é de 400 horas, cumpridas em uma única instituição concedente.
Público-Alvo
O Bacharel em Sistemas de Informação planeja e organiza a coleta, o armazenamento, a recuperação, a distribuição e o uso de dados em redes de computadores de uma organização, garantindo eficiência gerencial. As indústrias utilizam a computação e a informática como ferramentas em praticamente todos os setores: de vendas, de distribuição, administrativos e operacionais. Para cada departamento, é necessária a criação de uma solução computacional, chamada de sistema ou software. O trabalho do profissional de Sistemas de Informação é direcionado ao desenvolvimento de sistemas de apoio administrativo, como controle de vendas, faturamento, produção, dentre outros.


O aluno formado pela UniFil é capacitado para:
Identificar problemas de informação que requeiram o uso de sistemas de informação para conceber e implementar soluções.
Especificar, modelar, projetar, desenvolver, implementar, manter e aperfeiçoar os sistemas de informação.
Selecionar pacotes de softwares.
Adaptar, aprimorar e corrigir os pacotes de softwares.
Detectar e solucionar problemas de sistemas de informação ou pacotes de software.
Definir e implementar critérios de qualidade e formas de alcance e de garantia de níveis de qualidade aceitáveis, nacional e internacionalmente, nos sistemas de informação.
Decidir sobre os critérios e padrões a serem obedecidos na escolha de softwares, hardwares, peopleware e suporte aos sistemas informatizados ou não, disponíveis ou a serem criados.
Gerenciar equipes de desenvolvimento de software, projetos de sistemas, desenvolvimento e centros de Tecnologia da Informação.
Resolver problemas com respeito à ética, cidadania, relacionamento pessoal e interferência dos sistemas de informação na realidade social, quanto ao uso de softwares.
Projetar, configurar e administrar redes locais de computadores ou máquinas multi-usuários.
Atuar na área de Segurança da Informação.
Atuar como perito técnico para autoridades legais.
Prestar ou organizar suporte técnico e consultoria.
Mercado De Trabalho:
Os Sistemas de Informação são difundidos por todas as funções organizacionais de uma empresa, não importa seu porte. Esse uso generalizado aumenta a necessidade de profissionais com conhecimento em desenvolvimento e gerenciamento de Sistemas de Informação, garantindo amplo mercado para esses profissionais.


Além disso, Londrina destaca-se pelo investimento tecnológico promovido por diversos órgãos municipais, estaduais, federais e privados. Dentre os diversos projetos de cunho tecnológico encontrados no município, um dos que merece maior destaque é o Programa Londrina Tecnópolis, um conjunto de ações estratégicas que visam consolidar a região de Londrina, até 2010, como um dos três principais pólos de inovação tecnológica do país. Esse programa abrange a região compreendida pelo eixo Apucarana-Londrina-Cornélio Procópio, atingindo uma população de aproximadamente 2 milhões de habitantes, empresas de vários segmentos, universidades e centros de P&D (Pesquisa e desenvolvimento). Todas estas condições, aliadas a uma população empreendedora, excelente infraestrutura de serviços e qualidade de vida invejável, faz com que Londrina seja a opção ideal para pólo tecnológico.

Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais