Serviço Social

Unijuí
Em Ijuí

R$36.370
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais
Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Ijuí
  • Duração:
    8 Semestres
Descrição

O curso de Serviço Social da UNIJUI fundamenta-se nas Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Serviço Social, nas Orientações da ABEPSS, nas diretrizes internas da UNIJUÍ e nos desafios da sociedade atual. Sustenta-se numa concepção social crítica que entende a ser humano, a natureza e os processos sociais em constante transformação.
Dirigido a: É uma profissão que vai ao encontro da cidadania ativa construtora de uma esfera pública de dimensões participativas. O assistente social tem competência para elaborar, implementar, executar e avaliar políticas sociais nas áreas de: saúde, educação, segurança, assistência social, habitação, movimentos sociais, comunidade, terceiro setor, criança e adolescente, idoso, família, grupos étnicos, dentre outras.

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Ijuí
Rua Do Comércio, 3000 Cp 560 Bairro Universitário Ijuí - Rs 98.700-000, 98.700-000, Rio Grande do Sul, Brasil
Ver mapa

Programa

Direitos sociais, cidadania, justiça e equidade social. O curso de Serviço Social sustenta-se numa concepção social crítica que entende o ser humano, a natureza e os processos sociais em constante transformação. Entende as ciências sociais como espaços privilegiados de reflexão, construção teórica e elaboração de práticas que visam possibilitar a emancipação dos sujeitos e a garantia dos seus direitos fundamentais.


Histórico
A implantação do curso graduação em Serviço Social, ocorrido no ano de 2002 (Parecer CONSU n°07/2002), procurou responder as necessidades históricas da região de abrangência da UNIJUÍ através dos Campi Santa Rosa e Ijuí, consolidando o trabalho desenvolvido pela UNIJUÍ na área de Ciências Sociais, especialmente no debate e no enfrentamento das diferentes manifestações da questão social neste espaço regional.

O projeto do curso nasce em consonância com a missão e os objetivos estratégicos da FIDENE e com os princípios da UNIJUÍ nos seus programas de Ensino, Pesquisa e Extensão, tornando-se um espaço privilegiado na discussão do desenvolvimento regional para além do crescimento econômico, atingindo as diversas expressões das relações sociais na tentativa de identificar os problemas relacionados às vivências humanas, refletindo crítica e abertamente sobre eles e construindo alternativas na direção da cidadania emancipada.


Objetivos

Geral

* O curso de Serviço Social da UNIJUI fundamenta-se nas Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Serviço Social, nas Orientações da ABEPSS, nas diretrizes internas da UNIJUÍ e nos desafios da sociedade atual. Sustenta-se numa concepção social crítica que entende a ser humano, a natureza e os processos sociais em constante transformação. Entende as ciências sociais como espaços privilegiados de reflexão, construção teórica e elaboração de práticas que visam possibilitar a emancipação dos sujeitos e a garantia dos seus direitos fundamentais. Compreende a área de Serviço Social como um espaço específico de discussão que tem na questão social o seu lócus de excelência. Percebe a profissão como uma possibilidade de atuação consciente na sociedade, inserida na divisão sociotécnica do trabalho, capaz de contribuir na realização dos ideais de justiça social e de solidariedade humana.

Específicos

* Reconhecer e apreender o ser social como totalidade histórica;

* Comprometer-se com a inclusão social e com o desenvolvimento de uma sociabilidade emancipada;

* Atuar na prevenção, defesa e efetivação das políticas sociais e dos direitos sociais;


Perfil Profissional
Contexto de inserção regional

O Bacharel em Serviço Social é um profissional que atua nas expressões da questão social, formulando e implementando propostas para seu enfrentamento, por meio de políticas sociais públicas, empresariais, de organizações da sociedade civil e movimentos sociais.

Para dar conta dessas atividades exige-se um profissional com uma formação intelectual generalista e crítica, com capacidade de inserção criativa e propositiva, no conjunto das relações sociais e no mercado de trabalho.

As competências e habilidades a serem desenvolvidas nos profissionais do Serviço Social são as seguintes:

* apreensão crítica dos processos sociais numa perspectiva de totalidade;

* análise do movimento histórico da sociedade brasileira, apreendendo as particularidades do desenvolvimento do capitalismo no Brasil;

* compreensão do significado social da profissão e de seu desenvolvimento sócio-histórico, nos cenários internacional e nacional, desvelando as possibilidades de ações contidas na realidade;

* identificação das demandas presentes na sociedade, visando formular respostas profissionais para o enfrentamento da questão social, considerando as novas articulações entre o público e o privado.

O profissional do Serviço Social constitui-se como um sujeito capaz de interagir e dialogar com outros sujeitos. Isto significa a necessidade de considerar com radicalidade a dimensão local, pois se trata da formação de um profissional cuja essência é a práxis, ou seja, a atuação efetiva nos processos de construção da cidadania e da emancipação humana, a partir da especificidade do Serviço Social - as políticas sociais. Estas definem-se - de um ponto de vista emancipatório - como as ações de caráter estatal e não-estatal, estabelecidas dialogicamente pelos diferentes sujeitos técnicos-políticos e pelos grupos e classes sociais em relação aos quais as ações adquirem efetividade.
Áreas de atuação do egresso

A atuação profissional tem como tarefa realizar objetivamente os direitos dos usuários, agindo pela ótica de: criar espaços de diálogos sobre a realização de escolhas vinculadas à liberdade; criar possibilidades de mediação entre esferas e dimensões da vida social; promover o debate crítico permanente; organizar-se para a produção teórica sistemática fruto dos questionamentos da vida cotidiana, explicitando conflitos e contradições e possibilitando novas alternativas e escolhas.

É uma profissão que vai ao encontro da cidadania ativa construtora de uma esfera pública de dimensões participativas. O assistente social tem competência para elaborar, implementar, executar e avaliar políticas sociais nas áreas de: saúde, educação, segurança, assistência social, habitação, movimentos sociais, comunidade, terceiro setor, criança e adolescente, idoso, família, grupos étnicos, dentre outras.

Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais