Pedagogia

Universidade Santa Úrsula
Em Botafogo

Preço a consultar
Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Botafogo
  • 3200 horas letivas
Descrição

O Curso está fundamentado nas dimensões ontológica e epistemológica, como o apontado no Projeto Pedagógico Institucional da USU: a Dimensão Ontológica como espaço formador do sujeito através das múltiplas relações sociais e a Dimensão Epistemológica como espaço de apropriação do conhecimento produzido historicamente e como produtor de conhecimento.

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Botafogo
Rua Farani, 42 - Botafogo, 22231-020, Rio de Janeiro, Brasil
Ver mapa

Programa

Seja bem-vindo ao site do Curso de Pedagogia da Universidade Santa Úrsula.

O nosso Curso faz parte do Instituto de Educação e Letras - IEL, e tem seu funcionamento na rua Fernando Ferrari, 75, Prédio VI, 10º andar. Se nos quiser fazer uma visita teremos imenso prazer em lhe apresentar a USU, que está situada no meio de uma parte remanescente da Mata Atlântica, no Bairro de Botafogo na cidade do Rio de Janeiro.

A nossa Universidade é caracterizada por oferecer uma educação integral, profissional e humana fundamentada em uma sólida formação moral e ética, dentro dos princípios democráticos de liberdade e responsabilidade. Isso é alcançado pelo trabalho e o esforço comum entre professores, alunos e funcionários.

A seguir relatamos um breve histórico do Curso de Pedagogia da USU e lhe apresentamos alguns pontos importantes do Projeto Didático Pedagógico do Curso, para que possa nos conhecer melhor.

O curso é oferecido no horário da manhã e à noite.

Oferecemos bolsa de estudo de 65% para portadores de Diploma de Normal - Formação de Professores e para professores que atuam em creches, portadores de diploma de ensino médio, antigo 2º Grau.


A Universidade Santa Úrsula é uma realização das Ursulinas no Rio de Janeiro. Em 1937, a Priora Geral das Ursulinas decidiu, com o seu Conselho, realizar o Projeto de Criação, no Rio de Janeiro, do Instituto Santa Úrsula e subtítulo Faculdade de Pedagogia, Ciências e Letras, sob a égide de um selecionado Corpo Docente, a Faculdade de Pedagogia, Ciências e Letras do Instituto Santa Úrsula, a primeira no gênero fundada na Capital da República, foi oficialmente reconhecida pelo Decreto nº 8057 de 14.10.1941.

Em 1970 o curso de Pedagogia foi transformando em Faculdade de Educação através do Parecer 227/70 do Conselho Federal de Educação e do Decreto 67.739/70 e, em 1975 essa Faculdade tornou-se o Centro de Educação da então instituída Universidade Santa Úrsula, pelo Parecer 4.475/75 do Conselho Federal de Educação e pelo Decreto 76.713/75.

Hoje, o Instituto de Educação e Letras oferece o Curso de Pedagogia, com Licenciatura Plena, a Complementação Pedagógica para os portadores de certificados de Língua Estrangeira, as disciplinas da Licenciatura para os outros cursos da Universidade que habilitam para docência do ensino fundamental da 5ª à 8ª série, do Ensino Médio e das disciplinas da educação profissional.

Em agosto de 2006, A Universidade Santa Úrsula implantou seu novo Projeto Didático Pedagógico para o Curso de Pedagogia visando formar pessoas capazes de serem ativas em um mundo diferente; capazes de compreender e dominar, em seu nível de complexidade, as atividades e as relações humanas com as quais são confrontadas; capazes de assumir a liberdade de escolha que será sua, com suas oportunidades, mas também com as suas responsabilidades e a instabilidade que essa liberdade impõe; capazes de tirar partido da explosão de comunicação que ameaça suprir e confundir as referências.


O Curso de Pedagogia da Santa Úrsula está em consonância com a Legislação vigente: Lei de Diretrizes de Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394/96); Parecer CNE/CP nº 28/2001, de 02 de outubro de 2001; Resolução CNE/CP nº 1/2002, de 18 de fevereiro de 2002; Resolução CNE/CP nº 2/2002, de 19 de fevereiro de 2002; Parecer CNE/CP nº 5/2005, de 13 de dezembro de 2005; Parecer CNE/CP nº 3/2006, de 21 de fevereiro de 2006, homologado pelo Ministro da Educação em 10 de abril de 2006 e publicado no DO em 11/04/2006; Resolução CNE/CP nº 1, de 15 de maio de 2006, que tratam das Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Pedagogia, oferece as seguintes Habilitações:

Docência para a Educação Infantil,

Docência para os 5 primeiros anos do ensino fundamental,

Docência nos cursos de ensino médio, na modalidade Normal e em cursos de Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar.


Diretrizes

O Novo Projeto Pedagógico do Curso de Pedagogia foi pensado no sentido de a USU, construir sua própria identidade na área da Pedagogia em consonância com a Legislação vigente e tem como diretriz básica a formação de pedagogos como docentes, gestores e pesquisadores, tendo a docência como base da sua identidade.

O Curso está fundamentado nas dimensões ontológica e epistemológica, como o apontado no Projeto Pedagógico Institucional da USU: a Dimensão Ontológica como espaço formador do sujeito através das múltiplas relações sociais e a Dimensão Epistemológica como espaço de apropriação do conhecimento produzido historicamente e como produtor de conhecimento.

Para tanto, contempla a aquisição dos seguintes requisitos humanos e profissionais:

Compromisso com uma educação escolar e não escolar caracterizada pela prática da justiça, do respeito, da confiança e da cooperação;

Compromisso com uma postura crítica, reflexiva, dinâmica, flexível e inovadora frente à realidade;

Compromisso com a educação para o desenvolvimento da cidadania com responsabilidade ética, social e política;

Compromisso com o trabalho educativo-pedagógico que promova sujeitos agentes de sua história e de sua aprendizagem, com autonomia intelectual em consonância com a responsabilidade social;

Compromisso com seu permanente desenvolvimento pessoal e profissional;

Compromisso com a atitude científica de articular ensino e pesquisa na produção do conhecimento e da prática pedagógica.


Habilidades e Competências

Ser um profissional capaz de:

Relacionar conhecimentos filosóficos e científicos em sua prática pedagógica com os alunos, seus pares e a comunidade;

Trabalhar com conteúdos de naturezas diversas que abrangem desde cuidados básicos essenciais até conhecimentos específicos provenientes das diversas áreas do conhecimento;

Adequar-se a situações novas e inovar utilizando a informação disponível;

Desenvolver metodologias e materiais pedagógicos;

Produzir, analisar e criticar recursos didáticos;

Utilizar as novas tecnologias na produção, (re)organização e transmissão dos conhecimentos;

Ter autonomia e criatividade para buscar alternativas de ação pedagógica frente aos desafios postos pela realidade cotidiana onde se concretiza a sua práxis;

Identificar as necessidades e possibilidades dos seus alunos, nas áreas cognitivas, psicomotora, emocional e social com vistas a contribuir para a superação de exclusões sociais;

Elaborar projetos e trabalhos científicos;

Desenvolver postura investigativa, tornando a pesquisa um instrumento de ensino e um conteúdo de aprendizagem na formação dos futuros alunos;

Compreender e valorizar as diferentes linguagens manifestas nas sociedades e da sua função na produção do conhecimento;

Desenvolver procedimentos didáticos que privilegiem a interdisciplinaridade e a prática de produção cooperativa (solidariedade) do conhecimento;

Atuar em espaços educativos diversos, escolares e não escolares (creches, escolas, comunidade, educação não formal, empresas, área da saúde e outros);

Trabalhar em equipe;

Participar coletiva e cooperativamente do planejamento, organização e gestão, do desenvolvimento e avaliação do projeto pedagógico da instituição, atuando em diferentes contextos da prática profissional;

Planejar, organizar, realizar, gerir e avaliar situações de ensino e aprendizagem, de modo a adequar objetivos, conteúdos e metodologias específicas das diferentes áreas à diversidade dos alunos e à promoção da qualidade da educação;

Ter uma visão crítica do currículo como "locus" do poder;

Utilizar o conhecimento sobre a legislação que rege sua atividade profissional;

Liderar e estimular a participação e o envolvimento da comunidade intra e extra-escola, na proposta educativa;

Promover situações e condições que favoreçam a participação e o desenvolvimento de alunos, pais, professores e funcionários;

Atuar com jovens e adultos defasados em seu processo de escolarização;

Desenvolver trabalho didático-pedagógico de adaptação para inclusão de portadores de necessidades especiais.


Para atender as diretrizes e formar profissionais com as habilidades e competências propostas o Curso de Pedagogia tem os seguintes objetivos:

Desenvolver potencial criativo, raciocínio reflexivo e visão crítica;

Incentivar o conhecimento através do trabalho de pesquisa científica, visando o desenvolvimento da ciência, do trabalho pedagógico e a criação e difusão do conhecimento e da cultura;

Propiciar condições intelectuais de pensar criticamente o processo educativo e de acompanhar e entender as relações entre educação e os demais processos sociais;

Desenvolver leitores críticos e rigorosos da realidade, refletindo e teorizando sobre sua prática, aprendendo a participar de grupos de estudos, transformando-se num estudioso que busca clareza na sua compreensão de mundo e nos referenciais adotados;

Suscitar o desejo permanente de aperfeiçoamento profissional e cultural;

Estimular o conhecimento dos problemas do mundo atual, em particular os nacionais e regionais, a prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade;

Dar ênfase na formação da identidade do professor.


Currículo

O currículo do Curso de Pedagogia está em consonância com as diretrizes propostas, as habilidades e as competências desejadas para o profissional de educação e os objetivos do curso buscando desenvolver uma sólida formação moral e ética, dentro dos princípios democráticos de liberdade e responsabilidade para um mundo de relações cada vez mais complexas e uma sólida formação teórica e prática, integrando os conteúdos de natureza filosófica, científica, cultural, educacional e religiosa à prática investigativa e à formação profissional.

O Currículo do Curso de Pedagogia está estruturado em Projetos Temáticos, de caráter investigativo e interdisciplinar.

Os Projetos Temáticos baseiam-se em aprendizagem significativa, conectando desde o primeiro período teoria e prática; em um processo de aprendizagem que vincula os conhecimentos a eixos problematizadores, resultando em uma lógica interdisciplinar dos conteúdos; em uma concepção de curso de "educar pela ciência" (DEMO,1987), onde ciência não é vista apenas por seu domínio técnico, mas aquela que desenvolve capacidade de reflexão, de criticidade e de criatividade e que motiva nos futuros professores seu processo emancipatório.

Com isso busca-se romper com a compartimentalização e fragmentação das disciplinas e dos conhecimentos através da interdisciplinaridade e da pesquisa, e também, na organização dos trabalhos pedagógicos em dois sentidos: como integradores transversais da horizontalidade e verticalidade das disciplinas e a integração da teoria com a prática pedagógica. São quatro, os projetos:

Condição Humana no Mundo,

Escola, Família e Comunidade,

Conhecimento, Cultura e Criatividade na Escola,

Currículo e Políticas Educacionais.


Projeto Temático Condição Humana no Mundo

O ser humano é a um só tempo, físico, biológico, psíquico, cultural, social, histórico. Esta unidade complexa na natureza humana é totalmente fragmentada na educação por meio das disciplinas. É preciso restaurar essa unidade, de modo que cada um tome conhecimento e consciência, ao mesmo tempo, de sua identidade complexa e de sua identidade comum a todos os outros humanos.

Com base nesse Projeto Temático os estudantes poderão reunir e organizar seus conhecimentos pondo em evidência o elo da unidade e da diversidade do ser humano e de sua humanidade.


Projeto Temático Escola, Família e Comunidade

A escola tem uma ação educativa que transcende à instrução. Tomada simultaneamente como um contexto de socialização e como uma comunidade, na qual se estabelecem relações significativas, é uma instituição que marca os processos de formação, interiorização e assimilação, de um certo número de hábitos, normas, atitudes e valores inerentes à sociedade a que se pertence e, mediante os quais, cada pessoa realiza a tarefa comum de construção social da realidade.

Estudar a inter-relação escola-família e comunidade significa construir e desenvolver valores sociais básicos aspirando uma melhor qualidade de vida, pois a escola pode articular seus recursos institucionais, de maneira a assegurar que as reflexões, os debates, os estudos e as propostas de ação possam servir de embasamento para que o desenvolvimento social se concretize por meio de práticas pedagógicas educativas efetivas.


Projeto Temático Conhecimento, Cultura e Criatividade na Escola

Para dar conta das incertezas, da complexidade e dos câmbios dos paradigmas em muitas áreas do conhecimento e que demandam novas respostas originais e criativas, um dos desafios da educação hoje é o desenvolvimento da percepção estética e da sensibilidade artística para potencializar o sentido criativo dos estudantes.

Desta forma o Projeto Temático Conhecimento, Cultura e Criatividade na Escola busca através de estudos sobre as artes desenvolver no estudante uma atitude criativa na forma de pensar, sentir e de interatuar junto à realidade.


Projeto Temático Currículo e Políticas Educacionais

Os processos de transformações sociais, culturais, econômicas e políticas e seus impactos no campo da educação impõem, cada vez mais, estudos sobre políticas governamentais e não governamentais em educação, políticas relativas à planejamento, gestão, organização e avaliação de sistemas educacionais em todos os níveis de ensino.

A finalidade desse Projeto Temático é desenvolver estudos e pesquisas sobre as definições, ações e práticas das políticas educacionais, investigando problemas relativos ao planejamento e gestão da educação básica, currículo, práticas educativas, avaliação, formação e identidade profissional, educação e trabalho, educação inclusiva, cidadania.


Carga horária

A organização da carga horária do Currículo do Curso de Pedagogia da USU tem como base os Pareceres CNE/CP nº 5/2005 e nº 5/2006, os quais definem as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Pedagogia instituindo a carga horária em no mínimo 3200 horas de efetivo trabalho acadêmico com a seguinte distribuição:

"2800 horas dedicadas às atividades formativas como assistência a aulas, realização de seminários, participação na realização de pesquisas, consultas a bibliotecas e centros de documentação, visitas a instituições educacionais e culturais, atividades práticas de diferente natureza, participação em grupos cooperativos de estudos;

300 horas dedicadas ao Estágio Supervisionado prioritariamente em Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, contemplando também outras áreas específicas, se for o caso, conforme projeto pedagógico da instituição;

100 horas de atividades teórico-práticas de aprofundamento em áreas específicas de interesse dos alunos, por meio, da iniciação científica, da extensão e da monitoria."



Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais