O Relatório de Auditoria - Linguagem e Estrutura

IDEMP - Instituto de Desenvolvimento Empresarial
Em Rio De Janeiro e Brasilia

Preço a consultar
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais
Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais

Informação importante

Descrição

O Relatório de Auditoria é um instrumento formal e técnico, por meio do qual os auditores comunicam a execução de determinado trabalho, o resultado obtido, as avaliações, opiniões e recomendações que permitem controlar e dinamizar as funções administrativas. Ao analisar fatos e apresentar sugestões e re...

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Brasilia
Centro Empresarial Brasília Srtvs - Qd. 701 - Conjunto D - Bloco B - Sala 802 Asa Sul, 70340-907, Distrito Federal, Brasil
Ver mapa
Consultar
Rio De Janeiro
Av. Nilo Peçanha, 50 | Grupo 1901 | Centro, 20020-906, Rio de Janeiro, Brasil
Ver mapa

Programa

Apresentador

Vania Rizzo

Carga horária

16 horas

Área de Interesse

Auditoria e Controle

Apresentação

O Relatório de Auditoria

é um instrumento formal e técnico, por meio do qual os auditores comunicam a execução de determinado trabalho, o resultado obtido, as avaliações, opiniões e recomendações que permitem controlar e dinamizar as funções administrativas.

Ao analisar fatos e apresentar sugestões e recomendações, deve o auditor basear-se no conhecimento específico e ater-se a fundamentos técnicos e legais que fortalecem a argumentação. É essencial, ainda, adotar uma estrutura frasal adequada, respeitar critérios gramaticais e normas de documentação que condicionam a divulgação e a publicação desses documentos.

Visando adequar a redação do documento à especificidade da gestão pública e privada, o programa atualiza conhecimentos linguísticos e desenvolve estratégias aplicadas à expressão de ideias e opiniões, à formulação de pontos de auditoria e à proposta de ações corretivas e preventivas.

Resultados para os Participantes

  • Expressar-se, de forma persuasiva, adequada e eficaz.
  • Formalizar as ideias em função dos dados coletados, dos papéis de trabalho e das evidências, permitindo o registro e a distribuição dos tópicos no corpo do relatório.
  • Analisar as questões referentes à clareza, precisão, concisão, correção, coesão e coerência textual.
  • Valorizar os critérios de formatação dos documentos como elemento facilitador da leitura e intelecção da mensagem.


Conteúdo Programático

I - O TEXTO ORGANIZACIONAL

  • O processamento do texto:
    • exposição;
    • argumentação; e
    • persuasão.
  • Etapas da elaboração textual:
    • pensar;
    • planejar;
    • escrever; e
    • rever.
  • Do parágrafo ao texto:
    • tópico frasal;
    • estrutura do parágrafo; e
    • indução e dedução.
  • Condições de textualidade:
    • coesão;
    • coerência;
    • conectores sintáticos; e
    • relações semânticas.
  • Estratégias de Codificação:
    • clareza;
    • precisão;
    • concisão; e
    • correção.
  • Ruídos e as distorções:
    • preciosismo;
    • ambiguidade;
    • tautologia;
    • estereótipo; e
    • modismo.


II - O RELATÓRIO DE AUDITORIA

  • Conceito e importância:
    • especificidades; e
    • impacto na gestão.
  • A formalização do relatório em função do contexto:
    • estrutura;
    • linguagem; e
    • recursos de formatação e ilustração.
  • Metodologia aplicada à produção do documento:
    • coleta de dados e informações gerenciais;
    • análise dos papéis de trabalho e das evidências;
    • seleção do material; e
    • elaboração e leitura crítica do escopo, dos pontos de auditoria, das oportunidades de melhoria e do parecer.


III - NORMAS E CRITÉRIOS DE EDITORAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO

  • Datas.
  • Numeração.
  • Abreviaturas, siglas e símbolos.
  • Letras maiúsculas e minúsculas.
  • Citações.
  • Notas.
  • Figuras, tabelas, quadros e gráficos.
  • Listas.


Metodologia

Exposição dialogada e utilização de recursos audiovisuais, com ênfase na análise e na elaboração de relatórios de auditoria em exercícios individuais e em grupo.

Vania Rizzo

Graduada e Pós-Graduada em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Vania Rizzo atua em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a Universidade Cândido Mendes (UCAM).

Coordena e desenvolve projetos e programas com aplicação gerencial, administrativa e técnica, em entidades como Ministério da Saúde, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro (SME, SMA, SMF, CGM), Secretaria de Estado da Fazenda (RJ e ES), Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Arquivo Nacional, Caixa Seguros, POUPEX, Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), Celulose Nipo-Brasileira S.A. (CENIBRA), Light Serviços de Eletricidade S. A., Chesf, Centrais Elétricas Brasileiras S/A (Eletrobrás), Sotreq S. A., Petróleo Brasileiro S.A. (PETROBRAS) e Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (SONANGOL).

Sua experiência, com diferentes níveis de clientela, permite abordar a questão da competência linguística, de forma dinâmica e acessível, explorando o potencial criativo dos participantes, levando-os a romper bloqueios e mitos em relação à linguagem e suas diferentes formas de expressão. A prática da revisão permite-lhe, ainda, a abordagem normativa, exigência de padronização própria do texto a ser divulgado e publicado, permitindo que os programas da consultora correspondam a expectativas não só de um público que redige, mas também de profissionais da área de editoração.

É professora do IDEMP

- Instituto de Desenvolvimento Empresarial.


Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais