Matemática

Unijuí
Em Ijuí e Santa Rosa

R$30.066
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais
Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Em 2edes
  • Duração:
    8 Semestres
Descrição

Capacitar os futuros professores para atuar em Matemática no Ensino Fundamental e Médio, desenvolvendo formas de leitura "crítica" da realidade, na busca de novos tipos de relações entre a sociedade, a educação, a tecnologia e o ambiente, de forma a contribuir para a construção de uma vida melhor, para todos os sujeitos envolvidos no processo educativo e onde este se reflete.
Dirigido a: O curso de Matemática-Licencitura destina-se a atender necessariamente a rede escolar. Porém, percebe-se que o mercado de trabalho para o licenciado é bastante diversificado e tende a acentuar essa característica. A expectativa de trabalho em escolas vem sendo substituída por outras alternativas menos formais como professor de empresas, professor de aulas particulares, cursinhos e outras.

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Ijuí
Rua Do Comércio, 3000 Cp 560 Bairro Universitário Ijuí - Rs 98.700-000, 98.700-000, Rio Grande do Sul, Brasil
Ver mapa
Consultar
Santa Rosa
Rs 344, Km 39 Cp 489 Santa Rosa - Rs 98.900-000, 98.900-000, Rio Grande do Sul, Brasil
Ver mapa

Programa

Entre números e tabelas. O curso de Matemática - Licenciatura - contribui para a melhoria da educação praticada nas escolas de Educação Básica da região, mediante a formação/capacitação de Professores de Matemática, possibilitando a construção de conhecimentos, a reelaboração de concepções, o desenvolvimento de posturas e atitudes, enquanto profissionais munidos do princípio da educação continuada e qualificada.



Histórico
O curso de Matemática da UNIJUÍ - Licenciatura - tem sua trajetória passando pelo curso de Ciências Curta, Ciências Curta e Plena em Matemática, Licenciatura Plena em Ciências, Licenciatura Plena em Matemática, chegando ao atual formato com sua primeira turma em 1998, que teve algumas modificações curriculares no ano de 2001, principalmente no que se refere às orientações de práticas de ensino do MEC (art. 65 - Lei 9394/96.).

Através do resgate da história deste curso, podemos perceber várias fases, com conseqüências para o processo de formação do licenciando em Matemática. Mas percebemos também a importância do coletivo de professores para as modificações curriculares e o olhar atento destes, para as demandas da sociedade, da educação e dos licenciandos, sujeitos com voz e vez em todas as modificações curriculares, que ocorreram, o que possibilitou o entendimento do processo de estruturação e reestruturação, pelo qual o curso passou desde 1967 até 2006.

O curso é resultado de um amadurecimento do DeFeM, considerando a interação com as redes de ensino, as experiências com cursos de Especialização em Matemática e em Educação Matemática, e com os Mestrados em Modelagem Matemática e Educação nas Ciências.

Todas estas construções, juntamente com demandas do Conselho Nacional de Educação, leva o colegiado do curso a desencadear uma nova reorganização curricular para ser desenvolvida, a partir do ano de 2006, constituindo o atual curso de Matemática-Licenciatura.ç


Objetivos

Geral

* Contribuir para a melhoria da educação praticada nas escolas da região de abrangência da Universidade, através da busca de alternativas que tragam respostas cada vez mais satisfatórias aos desafios e dificuldades interpostos, especialmente no que se refere à formação/capacitação dos professores, em seus conhecimentos, concepções, posturas e atitudes, enquanto profissionais munidos do princípio da educação continuada e qualificada.


Específicos

* Capacitar os futuros professores para atuar em Matemática no Ensino Fundamental e Médio, desenvolvendo formas de leitura "crítica" da realidade, na busca de novos tipos de relações entre a sociedade, a educação, a tecnologia e o ambiente, de forma a contribuir para a construção de uma vida melhor, para todos os sujeitos envolvidos no processo educativo e onde este se reflete.


Perfil Profissional
Contexto de inserção regional

* Profissional com identidade definida pelo seu conhecimento em Matemática, nas relações destas com outras Ciências e em Educação

* Profissional sujeito de seu próprio desenvolvimento

* Profissional com conhecimento e relacionamento pessoal-profissional capaz de dar contribuições efetivas em trabalhos coletivos da categoria

* Profissional com participação social na comunidade escolar em geral

Áreas de atuação do egresso

O curso de Matemática-Licencitura destina-se a atender necessariamente a rede escolar. Porém, percebe-se que o mercado de trabalho para o licenciado é bastante diversificado e tende a acentuar essa característica. A expectativa de trabalho em escolas vem sendo substituída por outras alternativas menos formais como professor de empresas, professor de aulas particulares, cursinhos e outras.

A Matemática está presente na formação básica escolar. A Matemática aparece em todas as séries do ensino fundamental e médio. Esse fato garante um amplo mercado de trabalho para os licenciados nesse curso: o magistério público e o particular. A maior oferta de empregos é no setor público, porém, nos últimos anos, a remuneração tem sido bastante baixa. No setor privado a oferta é bem menor e os salários mais animadores.

Um licenciado em Matemática, por sua formação e noções de Matemática Financeira, é um candidato potencial em concursos, tais como bancos e órgãos públicos. Deve-se observar que o curso de Licenciatura não tem como objetivo a preparação para concursos dessa natureza. Essa opção é apenas um subproduto da formação do professor.

O mercado de aulas particulares é uma opção bastante interessante para os licenciados. Esse tipo de atuação, na maioria dos casos, é uma alternativa de fonte complementar de renda para os professores que atuam no magistério público ou particular, ou de forma mais profissional, como escritórios de aulas especiais. A remuneração nesses casos é bem superior à da escola pública e a demanda é significativa, principalmente nos finais de bimestres ou nos finais de anos. Essa alternativa esta estreitamente relacionada à capacitação profissional do professor.

Para professores que têm boa capacidade de comunicação, o mercado de cursos preparatórios para vestibulares, ou concursos em geral, tem sido uma alternativa de atuação profissional, proporcionando excelente fonte de renda. Deve-se observar, porém, que esse tipo de ensino distancia-se muito da linha de construção do conhecimento proposta nessa licenciatura. A pedagogia de cursinhos coloca em primeiro plano a memória e o resultado, submetendo o aluno a um condicionamento passivo, ou seja, ensina técnicas mnemônica para encontrar a resposta correta, independentemente da lógica própria do conteúdo. Em segundo plano vem o raciocínio, a capacidade criativa e de análise crítica dos resultados. A opção pedagógica assumida nesta licenciatura inverte a ordem dos planos citados e no lugar das técnicas mnemônicas recomenda o uso de materiais ou informações que auxiliem a construção dos conceitos.

O magistério superior, embora uma opção que exige outras qualificações, é um mercado de trabalho atrativo para os licenciados em Matemática, tanto pelo trabalho que pode ser realizado como pela remuneração. Em todo o Brasil, multiplica-se o número de cursos ligados à área das ciências exatas, aumentando a demanda por professores devidamente titulados em Matemática. Esse campo de trabalho, mesmo que dividido com os bacharéis, é um campo da Educação Matemática que deve ser tratado com toda atenção nos cursos de Licenciatura.


Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais