Letras

ULBRA Universidade Luterana do Brasil
Em Canoas

Preço a consultar
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais
Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Canoas
  • Duração:
    48 Mêses
Descrição

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Canoas
V. Farroupilha, Nº 8001 · Bairro São José, 92425-900, Rio Grande do Sul, Brasil
Ver mapa

Programa

O Curso

O curso de Letras - Habilitações em Português, Inglês e Espanhol - pauta-se pelas diretrizes da Universidade e pelas Diretrizes Curriculares Nacionais, desenvolvendo a educação na área das Letras de modo a propiciar, aos estudantes, uma formação acadêmica sólida e ampla, embasada em quadros teóricos e analíticos que priorizam um estudo crítico sobre a linguagem, em suas várias manifestações. De outro lado, procura vincular tais estudos com práticas pedagógicas concretas, voltadas para as diferentes realidades socioculturais em que o profissional deverá agir.


Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais, o estudante de Letras deverá adquirir, ao longo de sua formação, as seguintes competências e habilidades:

  • domínio do uso da língua portuguesa ou da língua estrangeira, nas suas manifestações oral e escrita, em termos de recepção e produção de textos;
  • reflexão analítica e crítica sobre a linguagem como fenômeno psicológico, educacional, social, histórico, cultural, político e ideológico;
  • visão crítica das perspectivas teóricas adotadas nas investigações linguísticas e literárias, que fundamentam sua formação profissional;
  • preparação profissional atualizada, de acordo com a dinâmica do mercado de trabalho;
  • percepção de diferentes contextos interculturais;
  • utilização dos recursos midiáticos;
  • domínio dos conteúdos básico-complementares que são objeto dos processos de ensino e aprendizagem nos ensinos fundamental e médio;
  • domínio dos métodos e técnicas pedagógicas que permitam a segura prática da docência para os diferentes níveis de ensino.

Objetivo geral

Oportunizar ao aluno do curso conhecimento de nível acadêmico, científico e pedagógico no âmbito da língua portuguesa e suas respectivas literaturas e culturas, que lhe permitam atuar no universo pragmático da docência de ensino fundamental e médio, nos diferentes espaços educativos e no fomento da atividade intelectual comprometida com a formação ético-moral da sociedade contemporânea.


Objetivos específicos

  • integrar ensino, pesquisa e extensão, a fim de formar cidadãos qualificados para o exercício profissional e empenhados na busca de soluções democráticas para os problemas sociais;
  • cultivar relações de cooperação com a comunidade científica regional e nacional, promovendo intercâmbio de experiências, com vistas à difusão e socialização do saber, sem discriminação de qualquer natureza;
  • fomentar conhecimentos linguísticos necessários ao desempenho profissional, enfatizando os componentes fonológico, morfossintático, léxico e semântico da língua portuguesa;
  • conduzir investigações no âmbito dos fatos linguísticos, por meio de análise de diferentes teorias, bem como de sua aplicação a problemas de ensino e aprendizagem;
  • evidenciar a existência de diferentes noções de gramática bem como de variedades linguísticas, manifestas em diferentes níveis e registros de linguagem;
  • analisar, descrever e explicar, diacrônica e sincronicamente, a estrutura e o funcionamento da estrutura linguística, voltada, em cada habilitação, em especial para a língua em estudo: Portuguesa, Inglesa, Espanhola;
  • estimular a leitura de um repertório representativo de literatura em acordo com as habilitações;
  • congregar diferentes compreensões histórico-teóricas, necessárias para refletir sobre as condições sob as quais a escrita se torna literatura;
  • promover a criatividade e o senso crítico quanto à prática profissional, inclusive no que se refere ao potencial de organização didático-pedagógica;
  • encorajar a iniciativa e a autonomia para formulação, gestão e administração de projetos;
  • promover a ação solidária;
  • compreensão acerca do significado do sistema de avaliação no processo de ensino e aprendizagem;
  • motivar a experiência da interdisciplinaridade.


Mercado de trabalho

Os campos de atuação do egresso de Letras dizem respeito às escolas de ensino fundamental e médio, públicas e privadas, como também às empresas que trabalham com redação, tradução e produção de materiais didático-pedagógicos em língua e literatura, pesquisa, crítica literária e cinematográfica.

Perfil do egresso

Define-se o perfil do graduado em Letras como o profissional competente para exercer o ensino dos eixos de Língua Portuguesa, Língua Inglesa ou Língua Espanhola de 5ª. a 8ª séries do Ensino Fundamental, e Língua Portuguesa/Estrangeiras e Literatura, no Ensino Médio, com capacidade para desenvolver projetos de pesquisa e produzir conhecimento científico voltado à educação básica.



Considerando as mudanças permanentes no campo das Ciências da Linguagem e da Literatura, espera-se que o graduado em Letras seja um profissional com autonomia para estar em permanente aprendizado e atualização, de modo a atender as novas demandas sociais relativas ao exercício docente.


O graduado em Letras deverá demonstrar capacidade de articular a expressão linguística, literária, pedagógica e cultural com os sistemas de referência. Em relação a eles, os recursos expressivos da linguagem se tornam significativos, compreendendo que sua atuação social e profissional tem, como pano de fundo, a construção da consciência da cidadania numa sociedade complexa. Isto se dá, em grande parte, por meio da percepção das diferentes formas, meios e modos de linguagem. Em função disso, o graduado de Letras deverá não apenas saber fazer uso dos recursos da língua oral e escrita, como também deve ser capaz de desempenhar o papel de multiplicador, capacitando outras pessoas para a proficiência linguística.



O ensino de Língua e Literatura, nos níveis Fundamental e Médio, deve ser entendido pelo graduado de Letras como uma iniciação ao pensamento reflexivo. O egresso se coloca como sujeito histórico, utilizando-se, para isso, de conceitos fundamentais, tais como: as estruturas fonológicas, morfológicas, sintáticas e semânticas, no que diz respeito às áreas de Linguística e Língua; dominar conceitos como gêneros literários, estrutura narrativa, estratos da teoria poética, períodos literários, na área de Literatura; além de dominar um repertório amplo de obras canônicas das Literaturas Brasileira/Inglesa/Espanhola e Universal.


Projeto Pedagógico

O Projeto Pedagógico dos cursos de Letras Português, Letras Inglês e Letras Espanhol apresenta os aspectos filosófico-formais da Universidade, contemplando o contexto do curso de Letras sobretudo no que diz respeito aos seguintes itens: filosofia educacional e missão do curso; coordenação do curso e coordenação/direção de ensino; corpo docente; corpo discente; planejamento e organização curricular; regime acadêmico e integralização do curso; infraestrutura/laboratórios.


Sua estrutura volta-se ao desenvolvimento e às práticas de competências e habilidades dos futuros profissionais dessas áreas, cujas capacidades devem emergir durante e pós-curso. Nessa perspectiva, vem especializando as funções que lhe competem no âmbito da sociedade brasileira - ensino, pesquisa e extensão - com vistas à formação do ser humano na sua integralidade, tendo o compromisso de contribuir não apenas com alternativas de solução às questões sociais vigentes, mas também com conquistas de novas tecnologias que possam propiciar a melhoria da qualidade de vida.



O curso de Letras desenvolve o processo de ensino, pesquisa e extensão, levando em consideração as tendências sócio-histórico-culturais do mundo contemporâneo, promovendo um sistema de valores que atribui significado relevante à potencialidade humana. Além disso, procura oportunizar uma formação de caráter científico-humanista, com vistas à integração entre o ensinar e o aprender. Por isso, sua organização compõe um curso moderno e dinâmico, a fim de formar profissionais aptos a compreenderem e enfrentarem os constantes desafios da realidade, a partir de seus campos de estudo - Língua Portuguesa/Estrangeira; Literaturas; Linguística; Teoria da Literatura; Formação Pedagógica; Formação Geral - objetivando que seus alunos atuem como agentes de promoção do saber, em seus contextos específicos.





Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais