Irrigação Agrícola

CursosVirtuais.net
Online

R$32
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais
Os usuários que se interessaram por esse curso também buscaram...
Ver mais

Informação importante

  • Curso
  • Online
Descrição

O Curso de Irrigação Agrícola, destina-se a agrônomos, engenheiros agrícolas, e todos aqueles que necessitam aprender todas as técnicas da irrigação agrícola.
Dirigido a: Agricultura

Informação importante

Perguntas frequentes:

· Requisitos

Para maiores informações do curso, use o link: http://www.cursosvirtuais.net/curso/irrigacao-agricola.htm

Opiniões

Ainda não existem comentários sobre esse curso

Programa

O Curso de Irrigação Agrícola, trás em uma apostila ilustrada e auto-explicativa todas as técnicas de Irrigação agrícola, para você que trabalha ou estuda na área.
Conteúdo:

  • Introdução ao estudo da irrigação
  • Considerações iniciais
  • Histórico e desenvolvimento
  • A irrigação no Brasil e no mundo
  • Área irrigada e métodos de irrigação utilizados nas diferentes regiões do Brasil
  • A irrigação e o meio ambiente
  • Contaminação dos mananciais hídricos
  • Cobrança pelo uso da água para irrigação
  • Tipos de sistemas
  • Critérios para a seleção do método
  • Vantagens da irrigação
  • Estudos climáticos: evapotranspiração
  • Conceitos fundamentais
  • Fatores intervenientes no processo de evapotranspiração
  • Evapotranspiração potencial das culturas e a de referência
  • Quantificação da evapotranspiração
  • Métodos diretos
  • Lisímetros
  • Parcelas experimentais no campo
  • Métodos indiretos
  • Tanque evaporimétrico "Classe A"
  • Método de thornthwaite
  • Método de blaney-criddle modificado (Fao)
  • Método da radiação
  • Método de Hargreaves-Samani
  • Método de Penman-Monteith-Fao
  • Estudos pedológicos
  • Disponibilidade de água no solo
  • Infiltração da água no solo
  • Equações representativas da infiltração
  • Equação tipo potencial
  • Equação tipo potencial modifica (equação de Kostiakov-Lewis)
  • Métodos de determinação de VI e I
  • Método do infiltrômetro de anel
  • Método do infiltrômetro de sulco
  • Método da entrada e saída da água no sulco
  • Resolução da equação de infiltração utilizando o método numérico de
  • Newton-Raphson
  • Sistemas de irrigação
  • Parâmetros para o dimensionamento de um sistema de irrigação
  • Classificação dos sistemas de irrigação
  • Fatores que influenciam na escolha do método de irrigação
  • Irrigação por aspersão
  • Forma de aplicação da água
  • Adaptabilidade do sistema
  • Solos
  • Topografia
  • Clima
  • Culturas
  • Vantagens e limitações do sistema
  • Componentes do sistema
  • Aspersores
  • Classificação quanto ao mecanismo de rotação
  • Classificação quanto à pressão de serviço do aspersor
  • Tubulações
  • Moto-bomba
  • Acessórios
  • Classificação dos sistemas por aspersão
  • Disposição dos aspersores no campo
  • Fatores que afetam o desempenho de um aspersor
  • Bocais dos aspersores
  • Pressão de serviço dos aspersores
  • Superposição
  • Ventos
  • Vazão dos aspersores
  • Intensidade de precipitação dos aspersores
  • Seleção do aspersor
  • Dimensionamento das tubulações
  • Linhas laterais
  • Considerações sobre perda de carga (HF) nas linhas laterais
  • Determinação do fator de christiansen
  • Procedimento para dimensionamento de ll com dois diâmetros
  • Relação entre a pressão no início da ll, no final e pressão média
  • Linhas ou ramais de espera em sistemas por aspersão
  • Linha principal
  • Altura manométrica total
  • Potência do conjunto moto-bomba
  • Projeto de um sistema de irrigação por aspersão convencional
  • Desempenho de um sistema de irrigação por aspersão convencional
  • Irrigação localizada
  • Vantagens do sistema
  • Limitações do sistema
  • Componentes do sistema
  • Descrição dos componentes do sistema
  • Moto-bomba
  • Cabeçal de controle
  • Linha principal
  • Linha de derivação
  • Linha lateral
  • Emissores
  • Dimensionamento do sistema - gotejamento
  • Quantidade de água necessária
  • Evapotranspiração
  • Irrigação real necessária
  • Irrigação total necessária
  • Tempo de irrigação por posição
  • Número de unidades operacionais
  • Vazão necessária ao sistema
  • Dimensionamento hidráulico do sistema
  • Linhas laterais
  • Linhas de derivação
  • Linha principal
  • Altura manométrica total
  • Potência do conjunto moto-bomba
  • Projeto de um sistema
  • Irrigação por pivô central
  • Tipos de pivôs
  • Variação da vazão ao longo do pivô
  • Intensidade de precipitação
  • Lâmina aplicada por volta do pivô central
  • Intensidade de precipitação média em cada ponto
  • Precipitação máxima em cada ponto
  • Velocidade de deslocamento da última torre
  • Tempo mínimo de rotação
  • Vazão necessária ao sistema
  • Uniformidade de aplicação com pivô central
  • Eficiência de aplicação com pivô central
  • Limitações para uso do pivô central
  • Solos
  • Declividade do terreno
  • Culturas
  • Irrigação por autopropelido
  • Escolha do autopropelido e do aspersor canhão
  • Largura da faixa molhada pelo autopropelido
  • Comprimento da faixa molhada pelo autopropelido
  • Comprimento do percurso do autopropelido
  • Tempo de irrigação por faixa
  • Lâmina bruta de irrigação aplicada
  • Intensidade de aplicação média
  • Tempo total de irrigação por faixa
  • Número de faixas irrigadas por dia
  • Número de faixas irrigadas por autopropelido
  • Área irrigada por autopropelido
  • Dimensionamento hidráulico do autopropelido
  • Irrigação por sulcos de infitração
  • O método de irrigação por sulcos de infiltração
  • Características de um sistema de irrigação por sulcos
  • Forma e tamanho do sulco
  • Infiltração
  • Espaçamento entre sulcos
  • Declividade e vazão
  • Comprimento dos sulcos
  • Procedimento para determinação das curvas de avanço
  • Considerações sobre o tempo de avanço relacionado com o tempo de
  • Oportunidade
  • Abastecimento de água aos sulcos
  • Manejo de água aos sulcos
  • Projeto de um sistema de irrigação por sulcos de infiltração
  • Irrigação por inundação
  • Tipo de solo
  • Declividade do terreno
  • Dimensões dos tabuleiros
  • Forma dos diques ou taipas
  • Manejo de água nos tabuleiros
  • Determinação das vazões mobilizadas aos tabuleiros
  • Determinação da vazão máxima para encher o tabuleiro
  • Determinação da vazão necessária para manter a lâmina constante

Os usuários que se interessaram por esse curso também buscaram...
Ver mais