Farmácia

Faculdade Santo Agostinho
Em Teresinha

Preço a consultar
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais
Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Teresinha
  • Duração:
    5 Anos
Descrição

O Curso de Graduação em Farmácia da Faculdade Santo Agostinho tem a finalidade de qualificar recursos humanos, a partir dos saberes das ciências farmacêuticas e dos conhecimentos humanos, sociais e éticos, para atuar tendo como preocupação a promoção da saúde e qualidade de vida da população piauiense.
Dirigido a: O perfil do formando egresso da Faculdade Santo Agostinho é o Farmacêutico com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico e intelectual. Tem como função social participar da promoção da saúde integral do indivíduo, consciente de que seu trabalho não é isolado.

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Teresinha
Av. Valter Alencar, 665, 64.019-625, Piauí, Brasil
Ver mapa

Opiniões

Ainda não existem comentários sobre esse curso

Programa

O CURSO

O Curso de Graduação em Farmácia da Faculdade Santo Agostinho tem a finalidade de qualificar recursos humanos, a partir dos saberes das ciências farmacêuticas e dos conhecimentos humanos, sociais e éticos, para atuar tendo como preocupação a promoção da saúde e qualidade de vida da população piauiense. Visa à formação de pessoal competente, crítico e fundamentalmente comprometido com a transformação e melhoria da realidade regional e local, atuação que ocorre tanto através da produção de conhecimentos científicos, pertinentes aos problemas e questões próprias desse universo, como pela prática promocional, educativo-preventiva, diagnóstica e terapêutica.

A criação do Curso de Farmácia da Faculdade Santo Agostinho ocorre em um momento especialmente rico, em que a atuação do farmacêutico na atenção básica da saúde pública é garantida graças à Portaria 698, de 30 de março de 2006, do Ministério da Saúde, que reorganiza todo o custeio do SUS (Sistema Único de Saúde). Fruto de articulação do Conselho Federal de Farmácia (CFF) com o DAF (Departamento de Assistência Farmacêutica) do Ministério da Saúde, Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e Conasems (Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde), a Portaria 698/06 cria blocos de financiamento, entre eles a assistência farmacêutica, e destina recursos federais permanentes para custeio de ações e serviços inerentes à atenção farmacêutica.

Considerando o caráter interdisciplinar da profissão farmacêutica, o currículo permite a integração entre as ciências exatas, biológicas e da saúde, humanas e sociais e farmacêuticas, despertando, já nos primeiros períodos do curso, o interesse para o desenvolvimento de competências e habilidades gerais, recebendo informações sobre os princípios e fundamentos da profissão, ressaltando sua importância, a responsabilidade do papel social e o compromisso com a cidadania.

O currículo está centrado no perfil de formação de farmácia que envolve três ênfases interrelacionadas entre si, acontecendo simultaneamente, julgando-se os campos de atuação profissionais mais pertinentes a esta realidade: Análises Clínicas, Farmácia Industrial e Atenção Básica.

OBJETIVOS DO CURSO

O Curso de Graduação em Farmácia da Faculdade Santo Agostinho - FSA, tem como objetivos:

- Formar o profissional farmacêutico com conhecimento amplo e integrado nas áreas do medicamento, das análises clínicas e toxicológicas e do alimento, inserindo-o no contexto social, político, econômico, tecnológico e científico;
- Dotar o futuro profissional farmacêutico de conhecimentos que resultem nas competências e habilidades de atenção à saúde em todas as suas dimensões;
- Formar profissionais críticos e reflexivos, em permanente abertura ao crescimento intelectual e emocional, dotados de empenho e capacitação para atuar comprometido com a melhoria da qualidade de vida da população;
- Promover o desenvolvimento de posturas éticas, reflexivas, inovadoras e democráticas, na vivência de uma proposta de formação de um profissional em que se privilegie a pessoa humana em seu sentir, pensar e agir.


Mercado de Trabalho

O termo Farmácia serve simultaneamente para denominar uma profissão e uma área técnico-científica. Como profissão, a Farmácia encontra a sua definição nas diferentes atividades relacionadas com a preparação e dispensa de medicamentos. Como área técnico-científica é o produto da interseção de várias disciplinas, como a Biologia, a Química e a Medicina, tendo como objetivo a relação entre os medicamentos e os organismos vivos.

O mercado de trabalho nacional está em franca expansão na área de indústrias de medicamentos, cosméticos, saneantes, fitoterápicos, atuando o profissional farmacêutico nas áreas de desenvolvimento, produção, registro, controle de qualidade (físico-químico e microbiológico), supervisão de produção, administração e pesquisa, e em indústrias de alimentos, atuando na área de controle de qualidade, e ainda, nas diversas áreas de análises clínicas (bioquímica, toxicológica, parasitológica, microbiológica, hematológica, imunológica, perícia forense, controle terapêutico e pesquisa).

Na área de Farmácia, o estado do Piauí conta hoje com 1.379 (um mil, trezentos e setenta e nove) estabelecimentos farmacêuticos registrados no Conselho Regional de Farmácia (CRF-PI), nestes estão inseridos: drogarias e farmácias, distribuidoras de medicamentos e insumos farmacêuticos, laboratórios de análises clínicas e indústrias, incluindo as de produtos farmacêuticos, cosméticas, alimentícias e de saneantes. Em contrapartida, existem apenas 479 (quatrocentos e setenta e nove) farmacêuticos inscritos no Conselho, sendo 304 (trezentos e quatro) lotados na capital e 175 (cento e setenta e cinco) no interior. Este número de profissionais farmacêuticos é pequeno, não atendendo a demanda do mercado de trabalho, causando, assim, a irregularidade, perante o órgão de classe (CRF-PI), de muitos dos estabelecimentos farmacêuticos mencionados, por não possuírem responsáveis técnicos exigidos pela legislação sanitária (lei 5.991 / 73).


PERFIL DO EGRESSO

O perfil do formando egresso da Faculdade Santo Agostinho é o Farmacêutico com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico e intelectual. Tem como função social participar da promoção da saúde integral do indivíduo, consciente de que seu trabalho não é isolado. Ele é responsável pela assistência farmacêutica, uma das etapas do processo cuja meta é a manutenção da saúde. Está capacitado ao exercício de atividades referentes aos fármacos e aos medicamentos, às análises clínicas e toxicológicas, e ao controle, produção e análise de alimentos, pautado em princípios éticos e na compreensão da realidade social, cultural e econômica de seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade. As áreas de atuação englobam farmácias públicas, hospitalares e homeopáticas; drogarias; laboratórios de análises clínicas; distribuidoras de medicamentos, drogas e formas farmacêuticas; ensino superior; serviços de saúde; instituições de pesquisa, órgãos públicos e de vigilância sanitária; indústrias de produtos sanitários, de fermentação, de cosméticos, de alimentos e farmacêuticos, entre outras, dependendo da especialidade.


Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais