Engenharia Civil

ULBRA Universidade Luterana do Brasil
Em Canoas, Manaus e Palmas

Preço a consultar
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Em 3edes
  • Duração:
    60 Mêses
Descrição

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Canoas
V. Farroupilha, Nº 8001 · Bairro São José, 92425-900, Rio Grande do Sul, Brasil
Ver mapa
Consultar
Manaus
Av. Carlos Drummond de Andrade, 1460 - Conjunto Atílio Andreazza, Japiim Manaus/Am » Cep 69.077-730, 69.077-730, Amazonas, Brasil
Ver mapa
Consultar
Palmas
Teotônio Segurado, 1501 Sul Palmas/To » Cep 77.054-970, 77.054-970, Tocantins, Brasil
Ver mapa

Programa

Modalidade: Formação Específica


Engenheiros civis planejam, constroem, e administram a infra-estrutura que sustenta a sociedade sendo, portanto, profissionais muito requisitados pelo mercado de trabalho, podendo atuar em áreas tão diversas quanto concepção e execução de obras de edificações, de estruturas, de geotecnia, de saneamento, de transportes, sem esquecer atividades de planejamento, administração, gerência, pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias.



O egresso do curso terá um perfil generalista, com formação em ciências básicas e de engenharia, aliada à capacidade para enfrentar e solucionar problemas da sua habilitação e buscar contínua atualização e aperfeiçoamento·


Profissão: Engenheiro Civil


Como é o curso na ULBRA?


O curso de Engenharia Civil da Ulbra apresenta os seguintes diferenciais:


:. Curso noturno, permitindo o trabalho ou estágios durante o período diurno;

:. Integralização do Curso em 5 anos;
:. Currículo atualizado de acordo com as novas diretrizes curriculares (Resolução CNE/CES 11, de 11 de Março de 2002) e avaliado em 2003 pelo MEC com conceito máximo;

:. Corpo docente formado por engenheiros-professores com larga experiência profissional, qualificação acadêmica e excelente relacionamento professor-aluno, também com conceito máximo na avaliação do MEC;

:. Inserção do aluno nos campos de atuação da Engenharia Civil desde o 1º semestre, propiciando a interação entre teoria e prática, oportunizando a realização de estágio já no primeiro ano do curso;

:. Inclusão de disciplinas, já nos dois primeiros semestres, com forte vinculação à prática da engenharia civil;

:. Garantia de estágios ao longo do curso;

:. Aconselhamento individual das matrículas semestrais pela Coordenação do Curso.

:. O curso oferece também como diferencial o maior IDD do Rio Grande do Sul obtido no ENADE 2005· O Indicador de Diferença entre Desempenhos (IDD) observado e esperado entre os cursos de Engenharia Civil significa que o desempenho médio dos concluintes do curso está acima do valor médio esperado para cursos cujos alunos ingressantes tenham o mesmo perfil· A Engenharia Civil da ULBRA apresenta o maior "valor agregado"·


Apresentação


O curso de Engenharia Civil da Universidade Luterana do Brasil, campus Canoas, foi implantado em março de 1989 e reconhecido em 1992, pela Portaria no 635 do Ministério da Educação e do Desporto, de 28 de abril de 1992, publicada no Diário Oficial da União de 29 de abril de 1992.

O primeiro currículo, implantado em 1989, possuía ênfase em transportes. Este currículo vigorou até 1994, quando então, com o intuito de satisfazer uma demanda sempre crescente dos alunos, a ênfase foi retirada, passando o currículo a ser generalista, enfocando as cinco grandes áreas da engenharia civil: construção civil, estruturas, geotecnia, saneamento, transportes.

O curso de Engenharia Civil da Ulbra habilita o engenheiro civil a exercer atividades tão diversas como concepção e execução de obras de edificações, de estruturas, de geotecnia, de saneamento, de transportes, sem esquecer atividades de planejamento, administração, gerência, pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias.

A carga horária do curso é de 3706 horas-aula, correspondendo a 216 créditos, que podem ser integralizados em 5 anos. As disciplinas são ministradas no turno da noite, de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h. Apenas disciplinas especiais como topografia, que precisam ser ministradas durante o dia, são ofertadas sábados pela manhã.

Diferenciais

» Curso noturno, permitindo o trabalho ou estágios durante o período diurno.

» Curso generalista enfocando as cinco grandes áreas da engenharia civil: construção civil, estruturas, geotecnia, saneamento, transportes.

» Equilíbrio entre disciplinas de ciências básicas e profissionais ao longo do curso, enfocando a cada semestre, as cinco grandes áreas da engenharia civil.

» Inserção do aluno nos campos de atuação da engenharia civil desde o 1º semestre, propiciando a interação entre teoria e prática, valorizando a integração interdisciplinar e oportunizando a realização de estágio já no primeiro ano do curso.

» Visitas a obras, instalações e organizações de engenharia, oportunizadas ao longo do curso, sempre acompanhadas por professores das respectivas disciplinas.

» Cursos de nivelamento, sem ônus, nas áreas de matemática, português e informática.

» Garantia de estágios ao longo do curso.

» Aconselhamento individual das matrículas semestrais pela Coordenação do curso.

» Currículo atualizado de acordo com as novas diretrizes curriculares (Resolução CNE/CES 11, de 11 de Março de 2002) avaliado pelo MEC com conceito máximo.

» Corpo docente formado por engenheiros-professores com larga experiência profissional, qualificação acadêmica e excelente relacionamento professor-aluno, também com conceito máximo na avaliação do MEC.

» Maior IDD (Indicador de diferença de desempenho de alunos formandos) do Estado do Rio Grande do Sul obtido no ENADE 2005 entre os cursos de Engenharia Civil, significando que o desempenho médio dos concluintes do nosso curso está acima do valor médio esperado para cursos cujos alunos ingressantes tenham o mesmo perfil. A Engenharia Civil da Universidade apresenta o maior "valor agregado" aos seus alunos formandos.


Objetivos

O curso tem por objetivo geral propiciar ao aluno uma formação profissional de engenheiro civil preparado para a execução das práticas profissionais da engenharia, com perfil generalista e com base teórica adequadas às exigências do exercício da profissão. Esses engenheiros deverão possuir formação voltada para o desenvolvimento de empreendimentos, capacidade de gestão, correta conscientização ético-profissional, bem como formação teórico-prática que lhes permita a coordenação e execução de obras civis, em condições plenas de segurança e qualidade.

O curso incorpora e organiza a sua estrutura curricular de modo a atender aos seguintes objetivos:

» Introduzir o aluno, o mais cedo possível, nos campos temáticos da engenharia civil de forma a propiciar-lhe visão abrangente da sua futura atuação profissional e, concomitantemente, reduzir a aridez proporcionada pelas disciplinas básicas;

» Estimular, de forma intensa, os estágios extracurriculares;

» Orientar a transferência de conteúdo através de aulas expositivas com intensificação de exercícios de fixação teórico-práticas, reduzindo as de desenvolvimento essencialmente teórico-dedutivas. Esta abordagem visa a propiciar ao aluno que estuda à noite aulas mais dinâmicas de solução de problemas, e, ao mesmo tempo, atender as exigências de mercado, no que se refere à exigência de engenheiros com cunho mais prático;

» Estimular a utilização, de forma intensa, do assessoramento extraclasse propiciado pelos professores do curso, envolvendo as principais áreas temáticas da engenharia civil;

» Orientar para o desenvolvimento, de forma extracurricular, da expansão do conhecimento em línguas, inclusive em língua portuguesa, informática, e outros necessários à sua plena formação;

» Preparar para a profissão e para o auto-aprimoramento contínuo;

» Desenvolver o potencial criativo, de raciocínio e a visão crítica;

» Estimular o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo;

» Formar cidadãos engenheiros, com plena e correta consciência de seu papel na sociedade, com visão e exercício moral e ético de sua profissão e com formação abrangente que lhe propicie sensibilidade para questões humanísticas, sociais e ambientais.

A Coordenação e os professores são os agentes executivos responsáveis em conjunto pelo desenvolvimento no ambiente universitário, de atitudes, ações e recomendações que levem à realização dos objetivos antes indicados.


Estrutura Curricular

A matriz curricular do curso de Engenharia Civil procura atender as novas diretrizes da Universidade, as diretrizes curriculares do MEC, e a legislação vigente do CONFEA/CREA. Além disso, o planejamento da organização curricular procura se adequar ao atendimento das situações locais, em especial àquelas relacionadas ao turno do curso, que é noturno, ao perfil do aluno ingressante e as exigências do mercado de trabalho.

A matriz curricular do curso de Engenharia Civil da ULBRA é formada dentro de uma proposta interdisciplinar mediante a seleção de competências, habilidades e atitudes desenvolvidas em três grandes ciclos: ciclo de formação geral, ciclo de formação básica profissional e ciclo de formação profissional.

Todas as disciplinas da matriz curricular estão equilibradamente distribuídas ao longo do curso, quer sejam do ciclo geral, básico ou profissional. Foram incluídas disciplinas, já nos dois primeiros semestres do curso, com forte vinculação à prática da engenharia civil, destacando-se - Introdução à Engenharia Civil, Materiais de Construção, Computação Gráfica, Topografia, Tecnologia do Concreto - sendo todas disciplinas incentivadoras à convivência com atividades laboratoriais, de campo e de iniciação científica, bem como, com professores de várias áreas de atuação da engenharia civil.

Ciclo de Formação Geral

O ciclo de Formação Geral é integrado por disciplinas cujas estruturas promovem a compreensão do mundo, da sociedade, da comunicação, da racionalidade investigativa e da espiritualidade.

Ciclo de Formação Básica Profissional

É integrado por disciplinas que compreendem a aquisição de fundamentos científicos e tecnológicos da Engenharia, cobrindo os seguintes campos: matemática, física, química, informática, desenho, entre outros.

Ciclo de Formação Profissional

Compreende a aquisição de conhecimentos e o exercício de competências específicas da profissão de Engenharia Civil nas áreas de:
» Construção Civil
» Topografia e Geodésia
» Geotecnia
» Hidráulica, Hidrologia Aplicada e Saneamento Básico
» Materiais de Construção Civil
» Sistemas Estruturais e Teoria das Estruturas
» Transporte e Logística




Estágio Supervisionado em Engenharia Civil

A importância dos estágios na formação profissional vem sendo reconhecida pelas universidades, professores e alunos. Hoje, mais que uma obrigação regulamentar, os estágios são reconhecidos como um instrumento pedagógico muito rico, essencial na formação profissional e, principalmente, estratégico na inserção do futuro engenheiro no mercado de trabalho. Por isso mesmo, a Coordenação e os Professores do curso estimulam, de forma intensa, os estágios extracurriculares (não obrigatórios) ao longo do curso.

O Estágio Supervisionado em Engenharia Civil é uma atividade curricular obrigatória, com duração mínima de 160 horas/trabalho, realizada em uma empresa pública ou privada, e supervisionada por professores. Este estágio deve ser realizado no penúltimo semestre do curso.

Trabalho de Conclusão de Curso em Engenharia Civil

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é uma atividade curricular obrigatória e objetiva aprofundar os conhecimentos teóricos, práticos ou ambos, adquiridos pelo aluno no tema objeto de estudo, estimulando ainda a habilidade individual de pesquisa e estudo independente. Busca, também, desenvolver a capacidade de expressão escrita e oral do futuro engenheiro e, aproveitando as sinergias geradas, preparar material técnico e didático sobre temas importantes da área de engenharia civil.

O TCC é um trabalho de caráter técnico-científico, apresentado sob forma de monografia, resultado da execução de um projeto de pesquisa, supervisionado e orientado por professores da Universidade. O trabalho é individual e deve ser defendido pelo graduando, perante uma banca examinadora.

A monografia deve ser iniciada no penúltimo semestre do curso, na disciplina de TCC I - escolha do tema e respectivo orientador - e finalizada no último semestre, na disciplina de TCC II, culminando com a defesa do trabalho perante uma banca examinadora.


Atividades Complementares

Atividades complementares são curriculares, mas devem ser realizadas em horários extraclasse. São todas e quaisquer atividades realizadas fora do âmbito curricular, que sejam consideradas de interesse para o enriquecimento da formação profissional e pessoal do aluno. Tem por objetivo complementar a formação do profissional de Engenharia Civil através da articulação entre ensino, pesquisa e extensão.


A ULBRA oferece gratuitamente, para todos seus alunos, Cursos de Nivelamento, com o intuito de promover o reforço do conhecimento. Estes cursos são ministrados pela metodologia de Educação a Distância e através do Ambiente Virtual de Aprendizagem (plataforma NetAula). Os alunos concluintes recebem certificado de Curso de Extensão.

São oferecidos os seguintes cursos:

» Nivelamento em Informática
» Nivelamento em Matemática
» Nivelamento em Língua Portuguesa

Relação das disciplinas do curso de Engenharia Civil ofertadas pela metodologia de Educação a Distância: