Enfermagem

ULBRA Universidade Luterana do Brasil
Em Canoas

Preço a consultar
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais
Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Canoas
  • Duração:
    60 Mêses
Descrição

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Canoas
V. Farroupilha, Nº 8001 · Bairro São José, 92425-900, Rio Grande do Sul, Brasil
Ver mapa

Programa

O Curso

O curso teve seu inicio efetivo em 1984, com sua aula inaugural em 1º de março de 1985.

Ao ser criado tinha como meta o rompimento do paradigma tecnicista, voltado para a prestação de assistência de enfermagem passiva e isolada do contexto social. Sendo assim, entendemos que nosso projeto pedagógico expressa esses conceitos, contemplando o objetivo central que visa formar pessoas que possam tornar-se enfermeiros, numa perspectiva humanista-cristã, capazes de assistir o ser humano no seu ciclo evolutivo, inserido em seu ecossistema familiar e comunitário, objetivando a excelência nesta formação.

Na busca constante de ações transformadoras, o curso procura aprimorar seu modelo, repensando e retificando caminhos ao longo de seus vinte e cinco anos. O reconhecimento das instâncias internas e do mercado externo, com os bons resultados que nos trazem os egressos é motivo de alegria, porém , a responsabilidade aumenta de forma diretamente proporcional.

O enfermeiro tem a profissão regulamentada através da Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, publicada no DOU, de 26 de junho de 1986, que "Dispõe sobre a regulamentação do exercício da enfermagem e dá outras providências" e seu Decreto Regulamentador nº 94.406, de 8 de junho de 1987, publicado no D.O .U.,de 9 de junho de 1987 e na Lei nº5.905,de 12 de julho de 1973, que dispõe sobre a criação do Conselho Federal e Conselhos Regionais de Enfermagem ,junto aos quais os professores enfermeiros mantém atualizados seus registros profissionais.

Concepção do Curso

O marco conceitual é norteado por uma filosofia humana e holística, que prevê a compreensão da pessoa como um ser biopsicosocioespiritual na busca do equilíbrio.

Objetivo Geral

Formar enfermeiros generalistas, através de uma perspectiva humanista-cristã, capazes de assistir à pessoa no ciclo evolutivo, tanto em estado de saúde como em episódios de doença, inserida em seu ecossistema familiar e comunitário.

Objetivos Específicos

  • Formar pessoas para que se tornem enfermeiros conscientes dos direitos e deveres inerentes à profissão para serem agentes de transformação no processo de desenvolvimento humano, político e social;
  • Preparar enfermeiros para atuarem no contexto multiprofissional e interdisciplinar;
  • Incentivar e instrumentalizar os futuros enfermeiros para o desenvolvimento da pesquisa na área da Saúde e Educação;
  • Propiciar uma formação profissional fundamentada nas diretrizes das políticas de saúde, no âmbito federal, estadual e municipal;
  • Preparar enfermeiros capazes de identificar as necessidades da pessoa e família, planejando e implementando o cuidado de enfermagem por meio do processo de Enfermagem;
  • Preparar enfermeiros capazes de identificar determinantes do processo saúde - doença na coletividade, colaborando na elaboração e efetivação dos programas de saúde.
Exigências para Seleção do Aluno Ingressante

Os alunos podem ingressar no curso por meio de três formas distintas:

  • No Processo Seletivo Único, realizado em julho e em dezembro, comprovando a conclusão do ensino médio, via Histórico Escolar e Certificado de Conclusão do Curso;
  • Ingresso Extra Processo Seletivo, desde que haja vaga no curso, respeitada a Lei, para portadores de diploma de Curso Superior;
  • Por transferência, sendo que a matrícula por transferência é feita dentro do prazo estabelecido pelo Calendário Acadêmico da ULBRA, se houver vaga.


Perfil do Egresso
O graduado deverá ter desenvolvido em sua formação a capacidade de tornar-se um profissional ético, criativo e politizado, buscando na sistematização, organização e estruturação do cuidado o desenvolvimento de ações que visem uma transformação social.

O egresso deverá ser capaz de efetivar a assistência em todos os níveis de atenção à saúde, no âmbito do gerenciamento, da educação e da pesquisa, estando apto a desenvolver as seguintes competências e habilidades:

  • Identificar e intervir nas necessidades de saúde individuais e coletivas;
  • Gerenciar os serviços de Enfermagem e de Saúde, respeitando os princípios éticos e legais da profissão;
  • Aperfeiçoar o processo de formação humano-técnico-científico inerente ao desempenho de sua profissão, oriundo da integração ensino-serviço, pesquisa e extensão;
  • Responsabilizar-se pelo processo de formação dos trabalhadores em Enfermagem;
  • Comprometer-se com o planejamento e a implementação das ações de saúde dirigidas à diminuição das iniquidades sociais;
  • Desenvolver atividades profissionais respeitando as diretrizes e princípios do sistema de saúde vigente no país;
  • Desempenho efetivo de práxis interdisciplinar e multiprofissional.



Projeto Pedagógico

O curso visa formar profissionais éticos, criativos, e politizados, buscando na sistematização, organização e estruturação do cuidado no desenvolvimento de ações que visem uma transformação social.
O egresso deverá ser capaz de:
  • Eefetivar a assistência em todos os níveis de atenção à saúde, no âmbito do gerenciamento, da educação e da pesquisa, estando apto a desenvolver as seguintes competências e habilidades;
  • Identificar e intervir nas necessidades de saúde individuais e coletivas;
  • Gerenciar os serviços de Enfermagem e de Saúde, respeitando os princípios éticos e legais da profissão;
  • Aperfeiçoar o processo de formação humano-técnico-científico inerente ao desempenho de sua profissão, oriundo da integração ensino-serviço, pesquisa e extensão;
  • Responsabilizar-se pelo processo de formação dos trabalhadores em Enfermagem;
  • Comprometer-se com o planejamento e a implementação das ações de saúde dirigidas à diminuição das iniquidades sociais;
  • Desenvolver atividades profissionais respeitando as diretrizes e princípios do sistema de saúde vigente no país;
  • Desempenho efetivo de práxis interdisciplinar e multiprofissional.


Atividades Acadêmicas

Extensão Curso de Enfermagem

Projeto 1 - Escola Protetora da Vida

Tem por objetivo desenvolver a estratégia promocional de qualidade de vida e saúde na comunidade escolar, visando reduzir a ocorrência de injúrias evitáveis e sensibilizar e capacitar os alunos para transformar a escola num espaço promotor da vida além de sensibilizar a direção e a coordenação pedagógica da escola sobre a proposta.

O projeto se justifica, pois reduz a morbimortalidade por causas externas.

São realizadas reuniões de estudo com os acadêmicos de enfermagem para entenderem a concepção de comunidades protetoras da vida; reuniões com a direção e a coordenação pedagógica da escola; reunião com os professores da escola e encontros sistemáticos mensais, aos sábados com os alunos da escola municipal no bairro Guajuviras de Canoas.

O projeto foi iniciado em 2004 pela professora Mitiyo Araújo com a participação em média de acadêmicos de enfermagem. No início de cada semestre ocorre a inscrição de novos alunos no projeto.
Projeto 2 - Triagem Visual

Tem por objetivo realizar avaliação da acuidade visual nos escolares de 1 a a 4a série do ensino fundamental da escola municipal no bairro Guajuviras de Canoas onde ocorre o projeto de extensão - Escola protetora da vida. A professora Mitiyo Araújo juntamente com acadêmicos da enfermagem e optometria realizam triagem visual mediante a utilização da Escala de Snellen, desde 2006.

Projeto 3 - Acompanhamento de Gestantes Soropositivas pelo HIV/AIDS no Serviço de Atendimento Especializado da Secretaria Municipal de Saúde de Canoas, através de Consulta de Enfermagem Individualizada e Grupo de Gestantes.

A sociedade, ao longo dos tempos, tem sofrido muitas transformações e nas últimas décadas as universidades têm buscado acompanhar estas mudanças com a finalidade de formar profissionais capazes de compreender e buscar soluções que respondam as suas reais necessidades. O curso de Enfermagem propôs um projeto de extensão universitário em parceria com Serviço de Assistência Especializada - SAE do município de Canoas, buscando um espaço de construção de conhecimento para os futuros enfermeiros, atuando junto de gestantes portadoras do vírus HIV/Aids e de seus filhos, para o enfrentamento da referida epidemia. O projeto vem acontecendo desde dezembro de 2005. A parceria entre Universidade, políticas públicas permite a circulação do saber entre a academia e a pratica profissional. E, outro aspecto percebido, a vinculação positiva das gestantes ao projeto, apontando uma contribuição para a qualidade de vida destas mulheres e também na prevenção da transmissão vertical.

São realizadas consultas de enfermagem com a gestante, puérpera e seu bebê e membros da família, caso for o desejo da paciente; acompanhamento das gestantes na ocasião do parto no hospital; realização de grupo de gestantes, a partir das demandas das pacientes atendidas nas consultas de enfermagem. Acompanha em média, 22 gestantes no semestre.

Utiliza as seguintes estratégias para atingir os objetivos:

  • Identificar as gestantes com diagnóstico de infecção pelo HIV/aids residentes em Canoas;
  • Realizar consulta de enfermagem para acompanhar a gestante durante todo o pré-natal e, no pós-parto, o binômio mãe-filho;
  • Produzir material informativo para gestante e mães de crianças expostas ao HIV;
  • Produzir material informativo para profissionais de saúde, divulgando as atividades desenvolvidas no projeto.

O projeto é realizado as segundas-feiras pela manhã foi iniciado pela professora Vânia Schneider e continuado pela professora Neiva Raffo Walccholtz, com inscrições para os alunos no início de cada semestre

Projeto 4 - Centro de Atendimento a Pacientes Fissurados da Universidade Luterana do Brasil - ULBRA - CENFIS

As estatísticas internacionais e nacionais relatam que em cada 650 nascidos, uma criança possui fenda lábio-palatal. Para as 9.150 pessoas com fissuras lábio-palatais que residem no Rio Grande do Sul e que até hoje não tiveram a oportunidade de receber atendimento, o CENFIS se constitui numa esperança.

O projeto tem por objetivo reabilitar portadores de fissuras labio-palatais congênitas, através de programas específicos, que visam a saúde e bem-estar do paciente, buscando equilíbrio entre os aspectos físico e psicológico, contribuindo assim para a integração social desta clientela.

A Universidade firmou convênio com o Centro Especializado de Pacientes Fissurados da Universidade de São Paulo, que é referência nacional nesta área.

O CENFIS oferece atendimento de caráter especializado gratuito, através da atuação de uma equipe interdisciplinar capacitada e de uma infraestrutura de alta complexidade, com um aparato tecnológico de última geração. A motivação para a criação do serviço iniciou-se no mês de dezembro de 2005 e em 18 de dezembro de 2006 foram inauguradas as instalações do Centro de Reabilitação para pacientes portadores de fissuras lábio-palatais-CENFIS, no térreo do prédio 59.

Atualmente fazem parte do atendimento interdisciplinar aos pacientes com fissuras lábio-palatais, professores e alunos dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Odontologia, Psicologia e Serviço Social. As atividades são desenvolvidas nas dependências do Hospital Universitário. Neste sentido, o desafio para o credenciamento do CENFIS como serviço de alta complexidade concretizou-se em março de 2010.

O curso de Enfermagem participa ativamente do CENFIS, desde a sua criação, sendo representado por um professor enfermeiro, especializado em neonatologia. Conta com a participação de acadêmicos de enfermagem (a partir do 5ª semestre), que iniciam suas atividades no início de cada ano, permanecendo no mínimo por dois semestres consecutivos. Os pacientes são atendidos nas dependências do CENFIS pelo professor, acompanhado por um acadêmico. Em algumas situações também são realizadas visitas domiciliares.

Atividades Práticas do Curso de Enfermagem

Disciplinas
Semestre
Locais de Estágios
Módulo de Prática Supervisionada em Semiologia

HNSG
Módulo de Prática Supervisionada em Semiotécnica

PACS, HNSG,
Sta Casa
Módulo de Prática Supervisionada em Centro Cirúrgico

HU
Módulo de Prática Supervisiona na Saúde da Mulher

HU, Sta Casa
Módulo de Prática Supervisionada na Saúde do Neonato

HU, HMIPV
Módulo de Prática Supervisionada na Urgência e Emergência

HPS, HPSC
Estágio Curricular I-Enfermagem na atenção primária à saúde

UBS União,
UBS CAIC e
UBS SESC
Estágio Curricular II - Enfermagem na atenção secundária à saúde

Secretaria Municipal da Saúde Canoas;
Vigilância da Saúde de Canoas e Porto Alegre;
HNSG
Estágio Curricular III - Enfermagem na saúde da criança e adolescente

HPIPV
Santa Casa
Estágio Curricular IV - Enfermagem na saúde do adulto e idoso

HNSG
HU
Estágio Curricular V - Gerenciamento da Assistência de Enfermagem

HU
Santa Casa
HPSC
HMIPV


Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais