Design de Moda

ULBRA Universidade Luterana do Brasil
Em Canoas

Preço a consultar
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais
Os usuários que se interessaram por esse curso também buscaram...
Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Canoas
  • Duração:
    30 Mêses
Descrição

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Canoas
V. Farroupilha, Nº 8001 · Bairro São José, 92425-900, Rio Grande do Sul, Brasil
Ver mapa

Programa

O Curso

Disseminar o Design de Moda como fator de aumento de competitividade pela geração de produtos com diferencial qualitativo, que incorporem a nossa identidade cultural é o que propõe a ULBRA no Curso Superior de Tecnologia em Design de Moda. Outra necessidade que demanda de profissionais qualificado é o atual nível de escolaridade da mão-de-obra do mercado têxtil.

Uma formação superior baseada em metodologias do design lhe permitirá saber agregar valores, inovar, utilizar racionalmente materiais e projetar em sintonia com os desejos do consumidor e usuário. Além disso, o curso destaca-se por oferecer conteúdos focados na criação e desenvolvimento de projetos direcionados para a indústria têxtil e para o mercado de trabalho em seus três principais segmentos: criação, desenvolvimento e comercialização.

A Universidade é uma das principais Instituições de Ensino Superior (IES) no estado do Rio Grande do Sul e a primeira entre as IES privadas a instituir um curso de design de Moda, com um currículo diferenciado e totalmente voltado para o mercado de trabalho. Além disso, a Instituição foi pioneira no sul do país a oferecer cursos superiores de tecnologia na área do Design.

O Brasil é um dos mais importantes polos da indústria têxtil da América Latina. O Rio Grande do Sul tem liderança de mercado entre os três estados do sul, pois, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil (ABIT/RS) - existem mais de 10.000 indústrias no Estado. O mercado de moda gaúcho e brasileiro necessita da atuação de profissionais que aliem o domínio de técnicas e metodologias próprias do design para desenvolver produtos de moda com qualidade, criatividade e originalidade.

Duração do Curso

O curso tem duração mínima de cinco semestres.

Perfil do Egresso

O tecnólogo em Design de Moda deverá estar capacitado a:

  • Propor soluções criativas e inovadoras, expressando suas idéias por métodos manuais e informatizados;
  • Atuar de modo interdisciplinar através da interação com profissionais de diversas áreas no desenvolvimento e execução de pesquisas e projetos;
  • Possuir uma visão sistêmica no desenvolvimento de projetos na moda, conceituando-o a partir do domínio e conhecimento de materiais, processos de fabricação e aspectos socioeconômicos e culturais;
  • Dominar as principais metodologias do design para o desenvolvimento de projetos de produtos de moda, utilizando linguagem própria da área através de conceitos e soluções que agreguem diferenciais competitivos;
  • Desenvolver projetos de produtos inovadores na indústria têxtil, buscando sempre a qualificação baseada em novos conceitos e necessidades mercadológicas, sociais, culturais e ambientais considerando o produto, sua utilização, distribuição, exposição e descarte;
  • Aplicar os conhecimentos na divulgação da atividade profissional, participar de entidades de classe, interagir com instituições e profissionais de áreas afins;
  • Participar de exposições, eventos e estabelecer contatos com instituições promotoras de produtos da área;
  • Ter visão empreendedora e conhecimento do setor produtivo com base no mercado onde irá atuar.


Objetivo

Formar e qualificar profissionais para o desenvolvimento de produtos de moda utilizando o design como diferencial competitivo, aliando o domínio de suas técnicas e metodologias com capacidade criativa e inovadora, demonstrando conhecimento, sensibilidade e consciência do contexto produto-usuário-ambiente.

Competências

  • Formar e educar o aluno articulando conhecimentos humanísticos com práticas técnicas e tecnológicas, permitindo um maior comprometimento com questões éticas, morais, legais e respeito ao meio ambiente;
  • Preparar e instrumentalizar o aluno e o futuro profissional na busca permanente de aperfeiçoamento e da formação continuada na área do Design de Moda;
  • Incentivar a capacidade criativa do aluno no desenvolvimento de produtos que tragam diferencial competitivo para o setor da indústria têxtil;
  • Formar profissionais capazes de atuarem como designers, conhecedores de materiais, terminologias e processos de fabricação de produtos na moda, bem como suas limitações e implicações na utilização dos mesmos;
  • Orientar o futuro profissional no desenvolvimento de projetos que agreguem valores ecológicos respeitando o meio ambiente através de uso equilibrado e sustentável de materiais e substratos utilizados na fabricação das peças de moda;
  • Desenvolver uma visão empreendedora, amparado pelas questões legais e éticas das atividades profissionais do designer de moda;
  • Incentivar e promover estudos e pesquisas objetivando ampliar qualidade dos produtos e desenvolvimento de novos conceitos e tecnologia na área.

Mercado de Trabalho

Os egressos do curso encontram mercado de trabalho enquanto designers, estilistas, figurinistas, modelistas, assessores da indústria têxtil e de vestuário, consultores de imagem pessoal, empreendedores, diretores de produção, editores de moda, vitrinistas, pesquisadores de tendências, diretores de desfiles, criadores de estampa e demais profissões que envolvem a cadeia produtiva da moda.



Projeto Pedagógico

Missão

Propiciar o desenvolvimento e a qualificação técnica de profissionais capazes de permitir a gestão de processos de criação e produção no setor de Design de Moda resultantes da utilização de tecnologias e o desenvolvimento de aptidões para a pesquisa tecnológica e para o desenvolvimento da criatividade.

Organização Curricular

O currículo do curso foi elaborado visando à formação técnico-científica do profissional em conjunto com fatores e ações filosófico-cristãs próprias da Universidade. Busca a formação de um profissional comprometido com a qualidade de seus projetos, preocupado com a satisfação do cliente (usuário) e respeito ao ambiente, capaz de atender à demanda da sociedade, solucionando-a dentro da conjuntura metodológica do design.

A apropriação de conhecimentos éticos e morais da tradição cristã, aliados à expressividade artística e contextualização histórica juntam-se às noções de empreendedorismo e da legislação para atender ao desenvolvimento e conhecimento prático da manipulação e transformação de materiais existentes em grandes lançamentos no mercado de moda nacional e internacional.

As peças e produtos são entendidos, na proposta deste curso, como artefatos ou objetos concebidos a partir do desenvolvimento de projetos com base em metodologias específicas, utilizando substratos bidimensionais e que servem como mensagens ou veículos portadores de informações visuais, produzidos e/ou reproduzidos manualmente ou industrialmente, através de dispositivos mecânicos, eletrônicos, digitais ou qualquer conjugação de uso entre os mesmos. São exemplos de produtos de moda: bolsas, vestidos, cintos, pulseiras, sapatos, embalagens, etiquetas e outros desenvolvidos no decorrer do curso.

Formação

Geral, Profissional Básica e Profissional Específica

A estrutura do currículo do curso foi planejada com o objetivo de uma formação equilibrada entre conhecimentos humanísticos, técnicos e tecnológicos. Esta estrutura se caracteriza por permitir uma aquisição de conhecimentos continuada e subsequente através de disciplinas projetuais e práticas específicas embasadas por outras disciplinas de conteúdos humanísticos e científicos. Desta forma, os objetivos do curso são cumpridos por meio de uma interdisciplinaridade harmônica entre os conteúdos das disciplinas. Estes componentes curriculares são distribuídos ao longo da matriz curricular, em três grupos: Formação Geral, Formação Profissional Básica e Formação Profissional Específica.

Formação Geral

Os componentes que correspondem à Formação Geral, de base humanística, englobam o estudo e reflexão de conhecimentos humanísticos e filosóficos, ciências humanas, sociais e artes necessárias para a formação de uma base cultural. Abrange as disciplinas de Cultura Religiosa e Comunicação e Expressão.

Formação Profissional Básica

O grupo que engloba as disciplinas de Formação Profissional Básica atende ao estudo e reflexão e o desenvolvimento dos conhecimentos, habilidades e capacidades fundamentais para o desempenho profissional na área de tecnologia, buscando uma inter-relação com outros cursos e formações profissionais afins. Abrange as disciplinas Introdução ao Design, Meios de Expressão, Ilustração Vetorial, Estudo da Cor, Fundamentos Profissionais, Elementos da Comunicação Visual, Design de Superfície, Ecodesign, Design da Informação, Tópicos em Design e Formação de Empreendedores.

Formação Profissional Específica

O terceiro grupo abrange componentes voltados para a Formação Profissional Específica e busca o estudo, a reflexão e o desenvolvimento dos conhecimentos, habilidades e capacidades necessárias para o desempenho das atividades técnicas e criativas que caracterizam o profissional de Design Gráfico. Faz parte deste grupo as disciplinas Croqui da Figura Humana, Pesquisa de Moda, Tendências e Conceitos, Materiais e Processos Têxteis, Modelagem e Corte I e II, Desenho Técnico de Moda, História da Moda e Acessórios, Técnicas Manuais e Customização, Projeto de Coleção I e II, Moulagem e Montagem, Atelier de Acessórios, Portfólio de Moda, Processos de Malharia, Marketing na Moda, e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).


Atividades Acadêmicas

No intuito de ampliar a interdisciplinaridade e a flexibilização da formação do estudante, o currículo prevê, ainda, a realização de atividades complementares, pelas quais o aluno poderá expandir os conhecimentos para além da proposta curricular, de acordo com questões e demandas específicas e individuais. A ULBRA considera as atividades complementares como mecanismos de aproveitamento de conhecimentos adquiridos pelo estudante, através de estudos, troca de experiências e práticas independentes, com conteúdos extracurriculares, que lhe permitam enriquecer o conhecimento propiciado pelo curso escolhido. As atividades complementares são atividades Acadêmicas Científicas Culturais (ACC) e devem ser desenvolvidas em três níveis:

Aspectos inovadores da integração entre ensino, pesquisa e extensão

A coordenação do curso, junto com alunos voluntários e professores do curso podem organizar cursos de extensão, seminários, palestras, visitas técnicas, entre outras atividades que visam complementar a formação do aluno. Os temas abordados são complementares aos desenvolvidos nas respectivas disciplinas que o curso oferece. Permite-se ao aluno que participe com sugestões de temas que possam ser objetivados vindos ao encontro do interesse do aluno.

Seminários são realizados como uma forma de construção da parte teórica relacionada à aplicação prática, revelando uma excelente oportunidade para uma atividade com momentos de discussão sobre temas, como também integração com o meio empresarial.

No sentido de organizar e orientar as atividades complementares desenvolvidas pelos estudantes será disponibilizado aos mesmos um documento específico que abrange as modalidades de atividades que podem ser abordadas. O curso oferece eventualmente a possibilidade de o aluno cursar disciplinas em modalidade de Curso Intensivo, durante as férias, adequando à política de tempo disponível e de interesse do acadêmico.


Os usuários que se interessaram por esse curso também buscaram...
Ver mais