Curso Sup. de Formação Esp. Gastronomia

CIESA - Centro de Ensino Superior do Amazonas
Em Manaus

Preço a consultar
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55)9... Ver mais
Os usuários que se interessaram por esse curso também buscaram...
Ver mais

Informação importante

  • Tecnólogo
  • Manaus
  • Duração:
    2 Anos
Descrição

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Manaus
Rua Pedro Dias Leme, 203, Flores, Cep:69058-818, 69058-818, Amazonas, Brasil
Ver mapa

Opiniões

C

01/08/2011
O melhor As aulas de cozinha internacional 1.

A melhorar Cozinha internacional 2 é simplesmente sem noção ela não tem ideia do que seja dar uma aula de gastronomia internacional.

Você recomendaria esse curso? Não.

Programa

CONCEPÇÃO DO CURSO



O Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia pretende aperfeiçoar os profissionais para que tenham amplo domínio sobre a gastronomia nacional e internacional. Busca-se o aperfeiçoamento dos profissionais na área, habilitando-os para trabalhar no gerenciamento de alimentos e bebidas, planejamento de cardápios, organização de eventos gastronômicos, produção de alimentos, consultoria gastronômica e treinamentos. Ocupa o Curso, desse modo, uma lacuna existente no campo de atuação dos profissionais que pretende formar como fast-foods, lanchonetes, bares, bebidas, restaurantes, buffets, hotéis, companhias aéreas, entre outros.




Nesse sentido é importante destacar que o Curso contempla conhecimentos propedêuticos, profissionais e práticos visando o entrelaçamento das disciplinas por meio da composição da matriz curricular, de forma a não estabelecer momentos estanques para cada um deles.




.
CONCEPÇÃO ACADÊMICA



O curso é anual, tendo a IES optado pelo mesmo em razão de que:
a) Dividido em dois anos, compõe-se de 20 créditos, por ano;
b) o regime anual permite a manutenção da "turma", desenvolvendo o sentimento de grupo e facilitando o acompanhamento do curso pelo aluno e a sua evolução pela IES;



METODOLOGIA E TÉCNICAS DE ENSINO




Nas disciplinas teóricas, como regra geral, utiliza-se da técnica da aula expositiva, nas suas formas participativa e dialógica, entretanto, é estimulada a utilização, por parte do professor, de todas as demais técnicas. Ademais, as salas de aula são adequadamente preparadas para a utilização de todos os instrumentos 7
disponíveis para o ensino, particularmente retroprojetores e equipamentos de informática.
O tamanho das turmas (aproximadamente 50 alunos para as aulas teóricas) permite a realização de atividades em grupo, buscando o desenvolvimento de habilidade de trabalho coletivo e de exposição oral de problemas.
As atividades práticas são desenvolvidas sob a supervisão do Professor da disciplina de Supervisão de Prática Profissional, atendendo as especificidades do Curso, fazendo com que o aluno permaneça, por um lapso temporal, definido em sua estrutura curricular, em contato direto com o ambiente de trabalho.



VAGAS ANUAIS OFERECIDAS


São oferecidas 200 vagas anuais.


TURNOS DE FUNCIONAMENTO



O Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia funciona nos horários diurno e noturno.



DIMENSÕES DAS TURMAS


As turmas têm em torno de 50 alunos nas aulas teóricas e práticas. Os professores das aulas práticas contam com a colaboração de alunos formandos na condição estagiários, com o intuito de organizar e supervisionar as aulas práticas. Nas atividades práticas de estágio, das turmas serão individuais, segundo a metodologia adotada no Estágio Prático, a fim de permitir um acompanhamento efetivo pelos orientadores de estágio.



OBJETIVOS DO CURSO

Para cumprir com seus propósitos o Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia objetiva:



OBJETIVO GERAL


Formar profissionais para exercer atividades operacionais em empresas do setor de gastronomia, capazes de compreender, analisar e interpretar a importância atual dos fenômenos gastronômicos e turísticos, conhecendo a sua evolução na vida cultural, social e econômica do país, e as diversidades de desenvolvimento que possuem em nível local, regional e internacional, podendo, então, prever as conseqüências dos impactos do desenvolvimento do setor gastronômico, além do domínio das técnicas da culinária.



OBJETIVOS ESPECÍFICOS


Ø Preparar profissionais capazes de reconhecer e executar as técnicas culinárias básicas da cozinha clássica, européia, asiática, mediterrânea, brasileira e amazônica, nas mais diversas tendências da Gastronomia.


Ø Desenvolver habilidades como: identificar e classificar os diversos produtos utilizados na Gastronomia, resguardando critérios para aquisição e armazenamento, métodos de conservação, tipos de embalagens e aditivos.


Ø Conscientizar os profissionais a reconhecer a importância dos protocolos de higiene pessoal, de utensílios e as técnicas higiênico-sanitárias na manipulação de alimentos.


Ø Identificar os equipamentos e utensílios utilizados na cozinha, sua aplicação e funcionamento, manuseio e higienização.


Ø Desenvolver as competências gerenciais para elaborar projetos gastronômicos e atuar em consultoria ou na área de treinamento específico em técnicas culinárias, planejamento de cardápio, organização de eventos, desenvolvendo mão de obra especializada.



PERFIL PROFISSIOGRÁFICO E HABILIDADES


O gastrônomo ou o profissional de Gastronomia terá competências para capacitar e se adaptar às novas tecnologias e aos ambientes impostos pela dinâmica do mercado de Alimentos e Bebidas, além de estar apto a trabalhar em equipe.
Ele terá competências comportamentais e intelectuais, conhecimentos técnicos e habilidades para ampliar a perspectiva de realizar o gerenciamento do seu próprio negócio ou participar de empresas e empreendimentos de terceiros, administrando a criação e a produção de serviços da área de alimentos e bebidas.
Capacidade operacional para atuar em cozinhas em geral, padaria, confeitaria, planejamento de cozinha, consultoria gastronômica, gerência de salão e gerência de alimentos e bebidas.

Conhecimento sobre os fenômenos turísticos e pelo setor gastronômico e ter uma visão geral da situação da gastronomia no Brasil e no mundo, relacionando os aspectos gastronômicos com o desenvolvimento turísticos das regiões, levando em conta os produtos típicos e a elaboração de roteiros turísticos, além do conhecimento sobre os vários setores de uma estrutura gastronômica completa, incluindo: cozinha, confeitaria, padaria, e serviços de restaurante.
Integrar os conhecimentos tecnológicos com: a prática de serviços e de cozinha, aos gêneros alimentícios de produção local, nacional e internacional e conhecimento da estrutura e funcionamento dos equipamentos de uma cozinha e do funcionamento de todos os serviços que envolvem o setor gastronômico.
Dominar os conhecimentos sobre a higiene e segurança do trabalho e os aspectos legais que envolvem a seleção, contratação e gestão de pessoas, buscando o desenvolvimento humano e profissional através da prática de atividades salutares no ambiente de trabalho.
Conciliar o desenvolvimento profissional individual com o trabalho em equipe, visando o crescimento da empresa e o desenvolvimento humano coletivo, tendo consciência da necessidade da relação interpessoal como fator inerente a eficiência e eficácia dos trabalhos realizados, além reconhecer a importância dos clientes do setor de alimentação como sujeito ativo e formador de opinião, reconhecendo e satisfazendo as crescentes e variadas necessidades dos consumidores.



PERFIL DO CURSO


O Curso objetiva o aperfeiçoamento de profissionais para que tenham amplo domínio sobre a culinária regional e internacional bem como todos os elementos, naturais e culturais, que possibilitaram a sua construção histórica. Pretende-se, que a partir dos aportes fornecidos pelo Curso, os profissionais possam interagir com as culturas já estabelecidas, recriando-a de modo inventivo e inovador, a partir das mais diversas influências gastronômicas e culturais possíveis.
Os profissionais formados devem adquirir sensibilidade para construir empreendimentos em serviços de alimentação, criativos e que tenham competência para trabalhar buscando as mais significativas alternativas e conquistar novos mercados.





ESTÁGIO PRÁTICO



O Estágio Prático possui um total de 130 horas de atividades, sua operacionalização está descrita no Regulamento do Estágio Supervisionado e do Relatório Final.

Informação adicional

Observações: Curso Superior de Tecnologia

Os usuários que se interessaram por esse curso também buscaram...
Ver mais