Contrabaixo

Conservatório Brasileiro de Música - Centro Universitário
Em Rio De Janeiro

Preço a consultar
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Rio de janeiro
  • Duração:
    4 Anos
Descrição

O objetivo principal do curso de Bacharelado em cordas friccionadas (contrabaixo, violino, viola e violoncelo) é formar profissionais competentes.

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Rio De Janeiro
Av. Graça Aranha, 57 / 12º Andar - Centro, 20030-002, Rio de Janeiro, Brasil
Ver mapa

Programa

Apresentamos o Bacharelado em instrumento de arco Contrabaixo , com a duração de 04 (quatro) anos. A criação, a organização e o desenvolvimento das orquestras como as entendemos hoje, foi uma das maiores conquistas musicais do ser humano. Uma orquestra, qualquer que seja, pode ter uma representação simbólica com dimensões municipais, estaduais, nacionais e internacionais, ou até mesmo mundiais, como é o caso das orquestras mais famosas. Relatar a relevância da orquestra enquanto organização musical poderia nos levar a muitos lugares, observações e conclusões e, portanto, não cabe aqui fazer este enorme trabalho. No entanto, podemos apenas sublinhar o óbvio como justificativa, ou seja, que os instrumentos de cordas friccionados são indispensáveis numa orquestra. Sendo assim, neste campo o CBM-CEU vem atendendo a necessidade de formar também músicos de orquestras, oferecendo os cursos de Bacharelado
em violino, em viola e em violoncelo.

O objetivo principal do curso de Bacharelado em cordas friccionadas (contrabaixo, violino, viola e violoncelo) é formar profissionais competentes. Para tanto, o curso visa oferecer conhecimentos históricos, estéticos, teóricos e práticos com relação à música e a cada um dos instrumentos referidos, fazendo com que os alunos alcancem gradativamente o pleno domínio mecânico sobre as obras exigidas no programa e desenvolvam a sensibilidade, a apreciação musical e a auto-confiança para apresentações públicas (através da compreensão da execução musical - a performance - e do desenvolvimento de técnicas de memorização aliadas a uma metodologia de estudo). Domínio das habilidades técnicas e interpretativas. Conhecimento do repertório específico, nos diversos estilos e épocas, com ênfase no repertório brasileiro.
Experiência com práticas interpretativas individuais e de grupos (música de câmera e orquestra). Estudo aprofundado do instrumento de corda de arco inserido na tradição erudita, mas com ênfase na música brasileira.
Recomendado para aqueles que querem seguir carreira como solistas, músicos de orquestra, cameristas e professores de instrumento.

Coordenação: Paulo Sá
Corpo Docente:

Ingressar no curso:
· Prova de Núcleo Comum - Redação
· Entrevista
· Teoria Geral da Música

Bibliografia Básica da Prova de Teoria Musical:
MED, Bohumil. Teoria da Música. 2ª ed. Brasília: Thesaurus, 1980. SCLIAR, Ester. Teoria
Musical. São Paulo: Editora Novas Metas, 1985.
ZAMACOIS, Joaquim. Teoria de la Música. 5ª ed. Livro I e II. Buenos Aires: Ed. Labor S.A.,
1967.

· Ditado Melódico
· Prática Instrumental
1. Execução do 14º Studi, Introduzione - Andante, de Carlo Montanari
2. Execução de uma peça Contemporânea de livre escolha

Carga horária: 2450h
Duração: 4 anos | 8 períodos

Disciplinas:
· Análise Musical
· Atividades Complementares
· Canto Coral
· Contrabaixo
· Cultura Popular Brasileira
· Estética
· Expressão Corporal
· Harmonia Funcional
· Harmonia Tradicional
· História da Música
· Iniciação Científica
· Introdução à Percepção Musical
· Leitura à Primeira Vista e Solfejo
· Música de Câmara
· Percepção Musical
· Prática de Conjunto e/ou Orquestra
· Prática Instrumental
· Seminários de Interpretação | Pesquisa de Repertório
· Técnicas de Redação
· Teoria Geral da Música