Ciências Biológicas

Universidade Santa Úrsula
Em Botafogo

Preço a consultar
Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • Botafogo
  • 3225 horas letivas
Descrição

O Biólogo da Universidade Santa Úrsula forma-se Licenciado e Bacharel. No Projeto Pedagógico do Instituto de Ciências Biológicas e Ambientais, as duas categorias devem estar próximas, já que uma complementa a outra.
Dirigido a: Um biólogo, para ser um bom pesquisador, deve ser também um bom comunicador e socializador de seu conhecimento, e ele não pode ter um conhecimento sempre atualizado, se não estiver envolvido com a pesquisa. Seu perfil é delineado em dois níveis: um específico, que envolve todo o seu conhecimento biológico; outro mais amplo, que envolve seu valor enquanto ser humano vivendo numa sociedade complexa e diversa. Aqui, seu perfil é marcado pelo projeto pedagógico da Universidade Santa Úrsula.

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Botafogo
Rua Farani, 42 - Botafogo, 22231-020, Rio de Janeiro, Brasil
Ver mapa

Programa

O Biólogo

O perfil do biólogo da Universidade Santa Úrsula

O Biólogo da Universidade Santa Úrsula forma-se Licenciado e Bacharel. No Projeto Pedagógico do Instituto de Ciências Biológicas e Ambientais, as duas categorias devem estar próximas, já que uma complementa a outra. Um biólogo, para ser um bom pesquisador, deve ser também um bom comunicador e socializador de seu conhecimento, e ele não pode ter um conhecimento sempre atualizado, se não estiver envolvido com a pesquisa. Seu perfil é delineado em dois níveis: um específico, que envolve todo o seu conhecimento biológico; outro mais amplo, que envolve seu valor enquanto ser humano vivendo numa sociedade complexa e diversa. Aqui, seu perfil é marcado pelo projeto pedagógico da Universidade Santa Úrsula.

O aluno cresce durante sua passagem pelo curso de Ciências Biológicas, desenvolvendo inúmeras habilidades que o tornam competente e responsável em sua atividade profissional, a qual ele próprio desenha diante das escolhas que faz durante seu percurso. A Universidade lhe proporciona meios pelos quais ele próprio pode buscar as ferramentas para esculpir e lapidar seu nome, enquanto nome que se eleva e marca passagem no mercado de trabalho. O aluno é resgatado de uma educação preocupada com fatos para ser confrontados, através de suas próprias experiências, com a evolução de seu pensamento formal.

O biólogo USU conhece a biologia pelas entranhas, porque acima de tudo, durante sua passagem ele experimenta, contextualiza e conduz pesquisa desde seus primeiros passos pelas disciplinas de Fundamentação Biológica.

O biólogo da USU é curioso, interessado e motivado a buscar conhecimento novo. Ele é criativo, gerador de novas idéias, capaz de trabalhar em equipe, respeita os colegas de trabalho, seus clientes e alunos. Ele é consciente de suas ações e por isso, busca aprofundar-se e atualizar-se em conhecimentos fundamentais e específicos da biologia, compreendendo e relacionando causa e efeito dos processos naturais e biológicos.

O biólogo da USU é aquele que discute e argumenta, firme em suas convicções éticas e de respeito à natureza. Ele sabe comunicar-se diante do especialista ou daquele que desconhece, ao mesmo tempo sendo convicto, firme, porém humilde. Sua formação ultrapassa aquela que visa somente a aquisição de conhecimentos técnicos. Ele aprende pela vivência e convívio rico em experiências que o envolvem em diferentes atividades, tendo oportunidade de falar, liderar, ouvir, participar de eventos dentro e fora da instituição, e organizar eventos gerados na instituição.

O aspecto mais grandioso da formação do biólogo USU é a sua consciência de preservação da natureza e seu conhecimento prático de um amplo espectro de ecossistemas neotropicais. Trabalha no campo onde afere as variáveis ambientais que compõe e interagem esses ecossistemas.

Ele é capaz de impulsionar e motivar alunos ao estudo dos seres vivos, e transmitir seu conhecimento de maneira simples, havendo sempre uma forma de comunicação com o homem comum e a sociedade. Em sua formação ele é imerso em disciplinas e seminários interdisciplinares que o fazem refletir sobre o homem e a condição humana. O biólogo da USU é preparado para exercer sua profissão com perseverança, dedicação e respeito à natureza.

O biólogo USU é aquele que pensa, reflete e age no momento necessário. Ele sabe trabalhar sob pressão e é preparado para enfrentar as dificuldades profissionais. Ele é persistente em suas convicções e em seu trabalho, podendo resolver problemas com muita praticidade. Ele não tem medo de colocar "a mão na massa", de fazer uma amostragem e saber o que fazer com ela, de ir para o campo e coletar adequadamente, com conhecimento dos equipamentos de coleta e sua adequação, de saber processar sua amostragem. Ele trabalha com segurança no campo e no laboratório. Sabe descrever e analisar suas observações. Ele é prático, responsável, independente e autônomo.

O biólogo da Universidade Santa Úrsula é preparado para lidar com a complexidade e para resolver problemas utilizando seu raciocínio lógico, sua reflexão crítica, sua argumentação fundamentada em experiência e não simplesmente em fatos relatados em papel. Ele sabe buscar a informação em fontes diversas e conhece os meios para projetar-se no mercado de trabalho e atingir o sucesso profissional, seja como professor, pesquisador ou consultor.

O biólogo USU é solidário, amigo, ajuda e tomar iniciativa em novos projetos, sendo flexível e adaptando-se facilmente às novas tecnologias. Ele é capacitado a interagir socialmente na realização de trabalho que, ao mesmo tempo, diferencia e reconhece a diversidade na unidade.

O biólogo USU é capacitado a perceber os sinais que refletem os interesses da sociedade contemporânea. Compreende e interpreta os impactos do desenvolvimento científico e biotecnológico na sociedade e no meio ambiente, identificando problemas, examinando alternativas e propondo novas idéias. Ele baseia-se em conhecimento científico, envolvendo seu conhecimento biológico na fomentação de discussões interdisciplinares. Ele efetivamente atua em prol da natureza e manutenção da diversidade biológica, com rigor científico e ético, respeitando a vida.

O biólogo USU acima de tudo possui auto-estima e valoriza seu papel profissional, sendo, ao mesmo tempo, capaz de auto - avaliar-se, conhecendo seus próprios limites, mas buscando sempre aprender mais. Possui engajamento pessoal, como educador, pesquisador ético com fortes valores humanísticos.


O Curso de Graduação em Ciências Biológicas e Grade Curricular



O curso de Graduação em Ciências Biológicas da Universidade Santa Úrsula



O curso de Graduação em Ciências Biológicas do Instituto de Ciências Biológicas e Ambientais da Universidade Santa Úrsula - ICBA, é semestral e compreende duas modalidades:



1 - Licenciatura



2 - Bacharelado



A licenciatura é uma licença, ou seja trata-se de uma autorização, permissão ou concessão dada por uma autoridade pública competente para o exercício de uma atividade profissional em conformidade com a legislação. O diploma de licenciado pelo ensino superior é o documento oficial que atesta a concessão de uma licença e trata-se de um título acadêmico obtido em curso superior que faculta ao seu portador o exercício do magistério na educação básica dos sistemas de ensino, respeitadas as formas de ingresso, o regime jurídico do serviço público ou a consolidação das Leis do trabalho (Parecer no CNE/CP 28/200, aprovado em 02/10/2001).



O curso é composto por 3.225 horas/aula com um total de 215 créditos, compreendendo etapas:



A primeira etapa compreende um núcleo básico comum composto por disciplinas obrigatórias que deverão ser cumpridas em 6 semestres, tanto para a Licenciatura como para o Bacharelado.



As duas modalidades incluem mais 2 semestres de estudo no mínimo e o estudante poderá cursar as duas modalidades concomitantemente.



O Licenciado em Ciências Biológicas atua em estabelecimentos de ensino fundamental, médio e superior, ministrando disciplinas de Ciências e Biologia para os diferentes níveis. Posiciona o professor a quem incumbe zelar pela aprendizagem do aluno, inclusive aqueles com dificuldades, associa o exercício da autonomia do professor, execução de um plano de trabalho próprio, ao trabalho coletivo de elaboração da proposta pedagógica da escola e amplia a responsabilidade do professor para além da sala de aula, colaborando na articulação entre a escola e a comunidade. Além disso desenvolve pesquisas na área de ensino de Ciências e Biologia, orienta alunos e atua na conservação de recursos naturais.



O Bacharel em Ciências Biológicas deverá cumprir um total de 2.985 horas/aula, correspondente a 199 créditos e participa do magistério, no ensino superior, na Pesquisa, prestação de serviços, consultoria e elaboração de planejamento de políticas públicas para solução de problemas que envolvam a sua área de conhecimento.



Atua também em centros de educação e pesquisa de iniciativa privada ou estatal, tais como: Universidades, Secretaria de Meio Ambiente, Fundações, Museus, Parques Naturais; generalista, crítico, ético e cidadão com espírito de solidariedade; detentor de adequada fundamentação teórica, como base para uma ação competente, que inclua o conhecimento profundo da diversidade dos seres vivos, bem como sua organização e funcionamento em diferentes níveis, suas relações filogenéticas e evolutivas, suas respectivas distribuições e relações com o meio em que vivem; consciente de sua responsabilidade como educador, nos vários contextos de atuação profissional; apto a atuar multi e interdisciplinarmente, adaptável à dinâmica do mercado de trabalho e às situações de mudança contínua do mesmo; preparado para desenvolver idéias inovadoras e ações estratégicas, capazes de ampliar e aperfeiçoar sua área de atuação; pautar-se por princípios da ética democrática: responsabilidade social e ambiental, dignidade humana, direito à vida, justiça, respeito mútuo, participação, responsabilidade, diálogo e solidariedade; reconhecer formas de discriminação racial, social, de gênero, etc que se fundem inclusive em alegados pressupostos biológicos, posicionando-se diante delas de forma crítica, com respaldo em pressupostos epistemológicos coerentes e na bibliografia de referência; atuar em pesquisa básica e aplicada nas diferentes áreas das Ciências Biológicas, comprometendo-se com a divulgação dos resultados das pesquisas em veículos adequados para ampliar a difusão e ampliação do conhecimento; portar-se como educador, consciente de seu papel na formação de cidadãos, inclusive na perspectiva sócio-ambiental; utilizar o conhecimento sobre organização, gestão e financiamento da pesquisa e sobre a legislação e políticas públicas referentes à área; estabelecer relações entre ciência, tecnologia e sociedade; aplicar a metodologia científica para o planejamento, gerenciamento e execução de processos e técnicas visando o desenvolvimento de projetos, perícias, consultorias, emissão de laudos, pareceres, em diferentes contextos; utilizar os conhecimentos das ciências biológicas para compreender e transformar o contexto sócio político e as relações nas quais está inserida a prática profissional, conhecendo a legislação pertinente; orientar escolhas e decisões em valores e pressupostos metodológicos alinhados com a democracia, com o respeito à diversidade étnica e cultural, às culturas autóctones e à Biodiversidade; avaliar o impacto potencial ou real de novos conhecimentos/tecnologias/serviços e produtos resultantes da atividade profissional, considerando os aspectos éticos, sociais e epistemológicos; comprometer-se com o desenvolvimento profissional constante, assumindo uma postura de flexibilidade e disponibilidade para mudanças contínuas, esclarecido quanto às opções sindicais e corporativas inerentes ao exercício profissional. Reservas Biológicas, Institutos de Pesquisas, Petrobrás na qualidade de gerente, consultor, fiscal e técnico de nível superior (Parecer nº CNE/CES 1.301/2001 - Colegiado: CES - aprovado em 06/11/2001).



Tanto o Bacharel quanto o Licenciado em Ciências Biológicas poderão ingressar em cursos de pós-graduação.



Um novo currículo implantado em 2002 introduziu algumas modificações no núcleo básico comum, como também na modalidade de Bacharelado. Estas modificações foram aprovadas pelo CONEP (Conselho de Ensino e Pesquisa) da Universidade Santa Úrsula em 20/12/2001 e atende ao que determinam as Diretrizes Curriculares para o curso de Ciências Biológicas.



A modalidade Licenciatura deverá contemplar, além dos conteúdos próprios das Ciências Biológicas, contendo as áreas de química, física e da saúde, para atender ao ensino fundamental e médio, a formação pedagógica, que oferecerá uma visão geral da educação e dos processos formativos dos educandos, além de enfatizar a instrumentação para o ensino de Ciências a nível de ensino médio, fundamental e superior.



Além das disciplinas obrigatórias do núcleo básico comum, contando 167 créditos com 2.505 horas/aula. O estudante para obter o grau de Licenciado deverá cumprir no mínimo 12 créditos em disciplinas eletivas do Curso de Ciências Biológicas (180 horas/aula) e 36 créditos (540 horas/aula) em disciplinas obrigatórias da Licenciatura, conforme novo currículo (Tabela I).



Durante o curso, o estudante de Graduação do Curso de Ciências Biológicas da USU poderá realizar pesquisas em um dos laboratórios do ICBA e/ou em laboratórios credenciados de outras Instituições.



Para obter o grau de Bacharel em Ciências Biológicas o aluno deverá realizar um Estágio Supervisionado da Área na qual pretende desenvolver seu projeto de monografia, num total de 60 horas/aula, 4 créditos (Anexo I). No final do semestre quando o aluno já completou as 60 horas/aula ele deverá levar uma outra ficha (anexo II) para que o orientador emita o seu conceito final. No semestre seguinte o aluno deverá se inscrever no Projeto de Monografia I, com um total de 140 horas/aula, 8 créditos (Anexo III) e no semestre seguinte o estudante deverá se inscrever no projeto de monografia II, com um total de 140 horas/aula, 8 créditos (Anexo IV). Os anexos encontram-se no xerox do prédio VI.



Além destes projetos, o estudante que optar por fazer apenas o Bacharelado, deverá cumprir no mínimo 12 créditos (180 horas/aula) em disciplinas eletivas do curso de Ciências Biológicas da USU.



Se o estágio for realizado nos Laboratório da USU não há necessidade de preencher os anexos acima e eles serão incluídos nas matriculas respectivamente, basta para isso trazer uma declaração assinada pelo professor se comprometendo em orienta-lo.



O estudante que optar em fazer só o Bacharelado, ele deverá entregar a sua monografia do projeto II e deverá defende-la, onde será julgado por uma banca examinadora, composta de três professores especialistas na área da referida monografia e de acordo com a Coordenação do curso.



O estudante de Ciências Biológicas poderá realizar o seu projeto de monografia de Bacharelado nas 4 áreas das Ciências Biológicas relacionadas abaixo:



1 - Área de Biologia Celular, Molecular e Evolução, incluindo pesquisas em Biologia Celular, Genética, Evolução, Anatomia, Histologia, Bacteriologia, Imunologia, Biofísica, Bioquímica e outras pertencentes a área de Ciências Biomédicas (66 créditos - 990 horas/aula).



2 - Área de Fundamentos de Ciências Exatas e da Terra, incluindo pesquisas em Paleontologia, Oceanografia Física, Oceanografia Química e Oceanografia Geológica (27 créditos - 405 horas/aula).



3 - Área de Ecologia e Ciências Ambientais, incluindo pesquisas em Ecologia, Biologia Marinha, Ciências Ambientais, Aquicultura, Limnologia, Meio ambiente e Recursos Naturais (20 créditos - 360 horas/aula) .



4 - Área de Biodiversidade, incluindo pesquisas em Zoologia, Botânica, Parasitologia, Etologia, Sistemática Filogenética, Zoogeografia e Fitogeografia (38 créditos - 570 horas/aula)

Há uma modalidade que não faz parte do currículo que o aluno poderá se inscrever, que se chama: Iniciação Científica com defesa de Monografia, e para se inscrever o aluno deverá ter cursado no mínimo 104 créditos e obedece normas específicas, e poderá ser oferecido duas vezes por semestre de acordo com a Coordenação do Curso.

Durante o curso, o estudante de graduação do Curso de Ciências Biológicas da USU poderá realizar pesquisas em um dos laboratórios do ICBA, e em laboratórios credenciados de outras instituições. (Clique aqui para ver relação)




Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais