Alinhamento Cultural na Empresa Brasileira

IDEMP - Instituto de Desenvolvimento Empresarial
Em Rio De Janeiro

Preço a consultar
Ou prefere ligar para o centro agora?
(55) ... Ver mais
Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais

Informação importante

  • Curso
  • Rio de janeiro
  • 16 horas letivas
Descrição


Dirigido a: O curso destina-se ao quadro de gestores e a profissionais de áreas afetas a mudança organizacional.

Informação importante
Instalações

Instalações e datas

Início Localização
Consultar
Rio De Janeiro
Av. Nilo Peçanha, 50 | Grupo 1901 | Centro, 20020-906, Rio de Janeiro, Brasil
Ver mapa

Programa

Conteúdo Programático

CULTURA ORGANIZACIONAL E CULTURA NACIONAL

  • Elementos e níveis da cultura de uma organização: pressupostos (crenças e valores), representações mentais (pensamentos e sentimentos), comportamentos visíveis, ritos e mitos do imaginário social;
  • Impacto da cultura no clima organizacional (satisfação das pessoas);
  • O poder e suas formas: um reflexo da cultura;
  • A cultura organizacional brasileira: traços brasileiros para uma análise organizacional;
  • O estilo brasileiro de administrar e suas figuras simbólicas.

MUDANÇA ORGANIZACIONAL E O CHOQUE CULTURAL

  • Mudança cultural: um processo de renascimento organizacional;
  • O fenômeno da “pororoca cultural” e suas dificuldades de gerenciamento;
  • As dificuldades de mudança da cultura organizacional brasileira;
  • O impacto da cultura estrangeira no imaginário social ¾ a perda das referências dos símbolos da cultura nacional; e
  • O alinhamento cultural e seus desafios para as lideranças.

ALINHAMENTO CULTURAL VIA RESILIÊNCIA

  • Reações psicológicas das pessoas nos processos de mudança;
  • Fases das reações comportamentais negativas nos processos de mudança cultural;
  • O que é resiliência e qual a sua importância nos processos de alinhamento cultural;
  • Características das pessoas resilientes;
  • A inteligência emocional (IE) como fator crítico de sucesso na resiliência individual;
  • As competências da IE intra e interpessoais;
  • O Quociente de suporte às adversidades (QA) como medida da resiliência; e
  • Desenvolvendo a IE para enfrentar a cultura de transição e a ambigüidade, por meio de um conjunto de crenças resilientes.

Compare este curso com outros semelhantes
Ver mais