Administração

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
A distância

Preço a consultar
Os usuários que se interessaram por esse curso também buscaram...
Ver mais

Informação importante

  • Graduação
  • A distância
  • Duração:
    8 Semestres
Descrição

Forma administradores com espírito empreendedor, senso crítico e formação humanística, apto às mudanças e adaptável ao ambiente organizacional e ao ambiente geral, possibilitando ao egresso um enriquecimento dos marcos teóricos e da visão de homem e de mundo presente na sociedade contemporânea, com vistas à construção do cidadão e do profissional.
Dirigido a: A própria região exige que os cursos oferecidos propiciem, com muita ênfase, valores de responsabilidade social, justiça e ética profissional e empreendedorismo e flexibilidade para adaptar-se às mudanças. Além disso, requer uma formação humanística aliada à visão global do país e do mundo, seja repassada aos alunos como meio de habilitá-lo à compreensão do meio social no qual está inserido, fortemente influenciado pela conjuntura econômica, política e cultural.

Informação importante

Opiniões

Ainda não existem comentários sobre esse curso

Programa

Duração:
8 semestres

Grau Outorgado:
Bacharel em Administração

Coordenador:
Prof. M.Sc. Marcelo Ioris Koche

Forma administradores com espírito empreendedor, senso crítico e formação humanística, apto às mudanças e adaptável ao ambiente organizacional e ao ambiente geral, possibilitando ao egresso um enriquecimento dos marcos teóricos e da visão de homem e de mundo presente na sociedade contemporânea, com vistas à construção do cidadão e do profissional.


OBJETIVO:

Propiciar acesso à técnicas e teorias que permitam ao futuro administrador desenvolver e aperfeiçoar suas habilidades conceituais, humanas e técnicas, sobretudo, espírito empreendedor, com vistas a capacitá-lo na observação, diagnóstico e intervenção nas organizações, dos setores públicos, privados e do terceiro setor, apresentando competências sociais, políticas, técnicas, organizacionais e comportamentais.


PERFIL DO EGRESSO:

Competências e Habilidades

A própria região exige que os cursos oferecidos propiciem, com muita ênfase, valores de responsabilidade social, justiça e ética profissional e empreendedorismo e flexibilidade para adaptar-se às mudanças. Além disso, requer uma formação humanística aliada à visão global do país e do mundo, seja repassada aos alunos como meio de habilitá-lo à compreensão do meio social no qual está inserido, fortemente influenciado pela conjuntura econômica, política e cultural. Somente essa visão poderá auxiliá-lo a se transformar em um agente de mudança tão relevante para o Estado. Também, necessita de formação técnico-científica para promover, dentro das organizações, mudanças capazes de fazer com que haja a melhoria dos processos de produção e a colocação de maior quantidade de produtos no mercado, o que permitiria expansão das atividades e conseqüentemente, aumento da demanda no mercado de trabalho.

Também há necessidade desse profissional atuar de forma interdisciplinar, tendo em vista principalmente as transformações pelas quais o mundo das organizações empresariais experimenta e que tem revelado que os Administradores dos dias atuais necessitam apresentar uma multiqualificação e polivalência, capacidade de diagnóstico, de solução dos problemas, de intervenção no processo de trabalho, auto-organizar-se, enfrentar situações de constantes turbulências, além de saber trabalhar compartilhando conhecimentos e delegando poder, ou seja, trabalho em equipe.

Atribuições Profissionais do Egresso

O Curso de Administração de Empresas da UNIGRANET optou pela condução da formação de profissionais da área utilizando para isso, um projeto pedagógico que enfatiza:

A compreensão de questões científicas, técnicas, sociais e econômicas da produção e de seu gerenciamento no seu conjunto, observados os níveis graduais do processo de tomada de decisão, bem como a desenvolver o alto gerenciamento e a assimilação de novas informações, apresentando flexibilidade intelectual e adaptabilidade no trato de situações diversas presentes ou emergentes nos vários segmentos e campos de atuação do administrador;

A comunicação e expressão, quer seja de forma escrita ou verbal, pois é necessária tanto para os relacionamentos com profissionais de diferentes áreas e regiões como para a compreensão do que se espera das pessoas que irão implementar os procedimentos operacionais com componentes técnicos.

A visão sistêmica e holística e o pensamento estratégico para que possa definir e equacionar problemas que consiga detectar os pontos fracos e as ameaças de mercado, buscando eliminá-los, bem como aproveitar suas habilidades e oportunidades;

O raciocínio lógico, crítico e analítico capaz de permitir a realização de diagnósticos e proposição de soluções compreensíveis a todos os integrantes da empresa;

A criatividade e a iniciativa, que deverá lhe propiciar condições de substituir os processos empíricos por aqueles racionais e técnicos, que permitam maiores ganhos e produtos com melhor qualidade, além de visualizar as novas oportunidades de negócio, diversificação, verticalização ou outra postura que puder ser implementada como empreendedor;

A liderança, uma vez que, face ao tipo de organização mais encontrada no estado (familiar e pública) é quase que impossível ao profissional assumir riscos e decidir entre alternativas. Seu papel está muito mais centrado na sua capacidade de influenciar o comportamento dos empresários e demais integrantes da empresa na qual trabalha, fazendo com percebam a necessidade de ordenar as atividades e programas, assumir riscos e decidir entre alternativas que possibilitem colocar os negócios em posição mais arrojada dentro do mercado;

O espírito crítico para agir sobre a esfera da produção compreendendo sua posição e função na estrutura produtiva sob seu controle e gerenciamento;

A vontade política e administrativa, a vontade de aprender, a flexibilidade às mudanças;

A consciência ética e humanística;

Por fim, o trabalho em equipe, pois ele necessita, além de liderar esses processos de mudança, trabalha de forma harmoniosa, interativa e complementar na busca da consecução dos objetivos organizacionais.

Embora a região não seja prioritariamente industrial, muitos dos egressos do curso de Administração de Empresas da UNIGRANET são preparados para serem absorvidos pelas empresas locais e regionais; assim como iniciar micro e pequenas empresas próprias e serem bem sucedido e ainda, atuarem na prestação de serviços, em cargos de supervisão e em gerência de Bancos.

Deste modo, é possível constatar que, ao longo do curso, os profissionais envolvidos na formação do educando procuram atender às ênfases estabelecidas no projeto pedagógico determinadas pelas características da região na qual estão inseridos. Para tanto, procuram desenvolver no aluno capacidades e/ou aptidões condizentes com as características exigidas pelas instituições nas quais vão desempenhar seu papel de profissional da administração. Entende-se que com a graduação eles devem estar aptos a:

Estabelecer comunicação compatível com o exercício da profissão por meio de processos escritos e expressões, o que implica em melhores relacionamentos intergrupal e interpessoal nas organizações e maior clareza quanto aos processos organizacionais;

Utilizar a visão sistêmica e estratégica para que sejam solucionados os problemas e aproveitadas as novas oportunidades;

Raciocinar de maneira lógica, crítica e analítica, permitindo a ele fazer diagnósticos, propor soluções mediante a identificação de riscos e melhores alternativas para cada caso;

Usar a criatividade e a iniciativa nos processos de substituição do velho pelo novo e do empirismo pela técnica;

Utilizar sua capacidade de liderança carismática e técnica no processo de esclarecimento das novas oportunidades e tomadas de decisão mediante riscos;

Trabalhar e desenvolver equipes de trabalho, capazes de dar consecução aos objetivos organizacionais.

Os usuários que se interessaram por esse curso também buscaram...
Ver mais